Cenapop
NETFLIX

Crítica | The Last Days of American Crime (Netflix, 2020)

Edgar Ramirez em cena de The Last Days of American Crime, da Netflix
Edgar Ramirez em cena de The Last Days of American Crime, da Netflix - Reprodução/Netflix

Redação Publicado em 04/06/2020, às 23h43

Muita gente tem esperado por este longa, dirigido por Olivier Megaton e adaptado da HQ de Rick Remender e Greg Tocchini, publicada em 2009.

Aqueles que estavam esperando podem ficar sossegados: The Last Days of American Crime é um ótimo filme, um dos grandes candidatos a blockbuster do mês na Netflix.

Na história, que se passa em um futuro próximo, os Estados Unidos vive uma onda de saques e crimes. O governo então cria um dispositivo que age no cérebro das pessoas e as impede de cometer delinquências. Graham Bricke (Edgar Ramirez) descobre o plano e resolve fazer um último assalto. Para isso, se junta a outros dois bandidos (Michael Pitt e Anna Brewster), antes que seja tarde.

O filme tem excelentes qualidades que fazem dele um dos grandes lançamentos da semana, junto com a quarta (e última) temporada de 13 Reasons Why.

Assista a crítica abaixo e entenda:

Comentários