Cenapop
FAMOSOS

Xuxa diz que recebeu “nude” e cantada barata de jovem galã da TV: “A tia não fica com ex-baixinho”

Xuxa contou em livro que recebeu cantada de ex-baixinho
Xuxa contou em livro que recebeu cantada de ex-baixinho - Foto: Divulgação/ Blad Meneghel

Redação Publicado em 23/09/2020, às 06h16

Com muita história para contar, Xuxa Meneghel revelou no livro Memórias, recém-lançado pela Globolivros, que recebeu um “nude” e uma cantada barata de um jovem galã da TV na época em que estava começando sua história com o cantor e ator Junno Andrade.

Em um trecho da obra, a eterna Rainha dos Baixinhos disse que o rapaz usou uma desculpa para conseguir seu telefone e foi insistente:

“Outro artista, bem mais novo, também havia pedido meu telefone com a desculpa de que queria dicas para abrir uma fundação. Mas, pasme, ele começou a me cantar. Mandou até foto sem camisa. O cara tinha seus vinte e poucos anos. E eu, quase cinquenta. ‘Escuta, tia Xuxa não fica com quem foi baixinho dela. Não vou ficar com um cara da sua idade’, deixei bem claro”, relatou a apresentadora.

A cantada furada do jovem galã fez com que Xuxa tomasse coragem para ligar para Junno Andrade, que havia se apresentado no TV Xuxa, programa exibido aos sábados na TV Globo.

“Então, algo me fazia pensar no Ju. No carinho, na gentileza do programa. E eu ainda ficava matutando: ele não vai ser tão bobo e jogar essas cantadas imaturas do ex-baixinho que ficou me procurando. O Ju tinha sido tão legal, disse que eu fazia parte de momentos bacanas da vida dele. Liguei”, confessou ela.

Resposta aos críticos

Pouco tempo após o lançamento do livro, Xuxa foi criticada por dar mais importância a certos assuntos, e fez questão de se posicionar.

“Muitas pessoas maldosamente falaram que o Memórias ia sair com nada de diferente. Falei do abuso, do Ayrton, do Pelé, que falei pouco da Marlene Mattos, muito da minha mãe... Queria deixar claro que são as minhas memórias, não são as memórias nem de Marlene, de Pelé, de Ayrton, do Ju, da minha mãe... Se eu falei pouco ou falei muito, é a importância que eu dou para cada assunto”, esclareceu ela, durante uma live no Instagram.

Assédio no trabalho e na infância

Em trechos do livro, a apresentadora revela que “tem marcas até hoje” do abuso que sofreu na infância e no trabalho.

“Eu tenho marcas até hoje, não tem por que não botar pra fora. Se isso aconteceu comigo, pode acontecer com qualquer Maria, qualquer João, qualquer Silva da vida”, diz ela, revelando que no trabalho as coisas não eram fáceis: “Sofri muitos abusos psicológicos no meu trabalho, as pessoas gritavam comigo e eu não conseguia responder. Para quem falou do abuso, está na minha memória, na minha vida, no meu DNA”, contou.

Veganismo

Ao falar sobre a decisão de tornar-se vegana, Xuxa contou que sua vida melhorou em todos os sentidos, inclusive no sexual.

“A gente notou uma mudança na pele absurda. [No sexo], se era bom, agora estou no paraíso! 3, 4 da manhã a gente tá querendo... assistir televisão”, brincou ela. “Tudo melhora, a gente acabou de fazer exame de sangue e todos os hormônios estão em dia”, completou.

Comentários