FAMOSOS

Taís Araújo fala sobre homofobia, machismo e irresponsabilidade na pandemia: "Tantos absurdos"

Atriz mencionou a importância de posicionar politicamente

Taís ainda falou sobre pessoas que defendem discursos homofóbicos e machistas - Reprodução/Instagram
Taís ainda falou sobre pessoas que defendem discursos homofóbicos e machistas - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 02/06/2021, às 08h15

A atriz Taís Araújo publicou um desabafo nas redes sociais e fez uma reflexão sobre todos os acontecimentos recentes no Brasil e mencionou a irresponsabilidade na pandemia, além de homofobia e machismo. 

Na publicação compartilhada em seu Instagram, nesta terça-feira (01/06), ela escreveu: "Parece que o Brasil vai mesmo sediar um campeonato de futebol internacional mesmo nos aproximando de 463 mil mortes por COVID-19 no país e tendo média de 1800 mortes por dia. É gente defendendo discurso homofóbico e machista em meados de 2021. É imprensa que olha, vê e ignora ou recorta acontecimentos importantes."

Ela prosseguiu: "É gente que não percebe e não consegue entender que não se posicionar é um posicionamento também, e que absolutamente tudo é político nesse mundo e isso vai muito além de partido, porque viver, comer, existir é político. Tudo isso e ainda estamos na terça-feira, meu povo!".

"É cada uma que me parece duas. O Brasil definitivamente não é para amadores", completou ela. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Taís Araujo (@taisdeverdade)

 

Na última semana, a atriz mostrou em seu Instagram sua rotina de hidratação capilar. A atriz exibiu as madeixas naturais antes de começar o procedimento, e ficou espantada com os fios brancos. "Sabe qual é o nome disso? Pandemia. E idade, né? 42 anos gente, é isso mesmo", brinca.

A atriz lembra que teve cabelos longos quando era criança: "Minha mãe cultivava meu cabelo. Eu tinha um cabelão. Cortei para fazer Xica da Silva. Sofri muito, demorou pra crescer".

Comentários