FAMOSOS

Presa por tráfico, modelo treinou por 10 anos na cadeia e agora é chamada de Sylvester Stallone

Sabrina Sidoti aproveitou os 121 meses na cadeia para treinar

Sabrina Sidoti treinou para passar o tempo e se transformou na versão feminina de Sylvester Stallone
Sabrina Sidoti treinou para passar o tempo e se transformou na versão feminina de Sylvester Stallone - Foto: Reprodução/ Instagram

Redação Publicado em 14/05/2020, às 08h38

Presa por tráfico de drogas, Sabrina Sidoti, de 45 anos, foi sentenciada a cumprir 10 anos de prisão.

No tempo em que ficou encarcerada, longos 121 meses, a modelo resolveu se dedicar aos treinos pesados, e acabou se transformando na versão feminina de Sylvester Stallone. O apelido pegou nas redes sociais e sempre é mencionado por seus seguidores.

“A gente tinha muitos equipamentos na prisão para fazer exercícios e nos manter ocupada o tempo todo. Eu fiquei todo esse tempo treinado para passar o tempo e sair de lá mais forte”, explicou ela, que também admite ser fã de Gracyanne Barbosa.

Com o corpo totalmente diferente do que tinha quando foi presa, Sabrina já conquistou 6 medalhas em competições fitness e vem posando para as principais revistas masculinas dos EUA, incluindo Playboy, FHM, Bikini, etc.

Com muita história para contar, a modelo pretende lançar um livro até o final deste ano. Após ter ficado um longo período encarcerada, Sabrina ainda pediu a todos que não fiquem chateados com a quarentena, e incentivou o isolamento.

“Estamos isolados em casa para ficarmos salvos, e a maioria tem algum tipo de conforto, comida e internet. Uma prisão de verdade não tem nada disso. Eles devem parar de falar que estão presos. É muito angustiante, pois revivo uma experiência que tive e que as pessoas não fazem ideia do que é passar por isso. Não desejo para ninguém”, completou.

A modelo foi presa em 2008, aos 33 anos, e ganhou liberdade só dez anos depois, em 2018.

Comentários