FAMOSOS

Pocah diz que tem apoio de Carla Diaz para iniciar carreira de atriz: “Quero viver uma vilã”

Funkeira contou que sonha em trabalhar em novelas

Pocah quer investir na carreira de atriz - Foto: Reprodução/ Instagram@pocah
Pocah quer investir na carreira de atriz - Foto: Reprodução/ Instagram@pocah

Redação Publicado em 02/08/2021, às 07h31

Vivendo um ótimo momento profissional, a funkeira e ex-BBB Pocah contou que tem o apoio da amiga Carla “Inshalá” Diaz para tentar sucesso também como atriz.

Ao falar sobre sua “nova aposta” na carreira artística, a cantora contou que sempre sonhou em atuar e que, se possível, gostaria de interpretar uma vilã:

“Queria viver uma vilã para este cabelo loiro de agora. Pocah vilã. Tenho muita vontade de atuar. Inclusive, já falei isso com meus amigos e quem me conhece, muitas vezes. A Carla Diaz falou que vai me dar umas dicas e quem sabe poderemos ver Pocah estudando e ingressando na carreira de atriz?”, disse ela, à Quem.

À publicação, a cantora contou que sua meta de vida é ser uma artista completa: “Procuro estar sempre em constante evolução. Busco ler muito e estudar, para evoluir não só como artista, mas como pessoa também. Não gosto de ficar em um lugar só, na zona de conforto. Nunca fui acomodada com nada. Se eu vejo que tal mudança vai ser boa para mim e minha carreira, eu vou com tudo e invisto. Foi assim com o BBB”, ressaltou a moça.

Uma das famosas que participaram do BBB 21, Pocah contou que mantém contato com outros participantes dos reality por WhatsApp.

“A gente se encontra sempre que dá. A Carla Diaz e a Juliette já vieram aqui em casa. Nós temos um grupo também com a Camilla e o João. Falei muito dentro da casa que queria manter amizade com eles aqui fora. Eu me dou bem com todo mundo dessa edição. Até das brigas eu sinto falta. Ficamos com saudades daquela convivência intensa. Mas viver esse BBB aqui fora também é uma delícia”, disse.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por POCAH (@pocah)

 

Unfollow no noivo “não foi marketing”

Um dos assuntos envolvendo a cantora que ganhou destaque recentemente foi o unfollow que ela deu no próprio noivo, Ronan Souza. Ao falar sobre a atitude, ela garantiu que não foi para se promover.

“Foi uma loucura. Não foi marketing, porque eu não curto fazer marketing com a vida pessoal. Não vou dizer que nunca vou fazer, mas eu não curto. Não gosto. Quero ser reconhecida pela minha arte, pelo meu trabalho. Minha vida pessoal é sagrada. Meu relacionamento, minha família e meus amigos são sagrados. São coisas que não se deve tocar”, contou.

“Esse lance meu e do Ronan é que a gente é muito parceiro um do outro. Somos amigos, sócios, antes do relacionamento e qualquer coisa. Como todo relacionamento, a gente discute e eu perturbei ele no Instagram. Dei umas alfinetadas. Depois de eu dar uma perturbada nele, ele foi lá e me bloqueou”, explicou.

“Eu liguei para ele e disse que não dava 20 minutos para começar a sair, que paramos de nos seguir e nos separamos. Ele não sabia que quando bloqueava, parava de seguir. Aí, ele desbloqueou, mas ambos tinham parado de se seguir por conta do bloqueio. A imprensa começou a ligar para ele e ele disse que estava entrando no avião. Realmente ele estava, porque ele foi atrás do ‘balde’ dele em São Paulo. Porque eu falei: ‘Isso vai ficar assim?’. Não aceitem menos que isso meninas”, defendeu.

Comentários