FAMOSOS

Milton Gonçalves sobre desigualdade racial: “Vou ficar feliz quando o Brasil tiver um presidente negro”

Ator ressaltou que ainda há uma desigualdade muito grande no mercado de trabalho

Milton Gonçalves falou sobre racismo e desigualdade racial - Foto: Reprodução/ YouTube
Milton Gonçalves falou sobre racismo e desigualdade racial - Foto: Reprodução/ YouTube

Redação Publicado em 28/05/2020, às 07h13

Conhecido por sua militância em prol da igualdade racial, Milton Gonçalves falou sobre racismo e da importância de incentivar os negros em uma entrevista ao Sem Frescura, do canal Rede Rio TV.

No programa (gravado antes de o ator sofrer AVC), ele ressalta que ainda há uma desigualdade muito grande no mercado de trabalho.

“A economia não chega no agrupamento de negros. A grande maioria dos negros não tem possibilidade de estudar, de fazer arte, de fazer uma série de coisas. Então quando um de nós (negros), eu e outros companheiros podemos, nós vamos lá incentivar. Não é para derrubar ou tirar ninguém, ao contrário, é para mostrar que nós também estamos participando. É incentivar os 50% de brasileiros negros nesse país”, ponderou ele.

Em outro trecho, Milton diz que sonha em ver uma mudança no governo do pais: “O que eu vou ficar feliz vai ser o dia que acontecer o que aconteceu com os Estados Unidos. O presidente, com sua esposa e suas duas filhas negras ficaram duas jornadas como presidente e quando aconteceu isso, muitas pessoas choraram muito, brancos e negros. Que tal se isso acontecesse no Brasil, um presidente negro?”, questionou ele.

Veja a entrevista na íntegra.

Comentários