FAMOSOS

Mateus Carrieri comenta sobre sexualidade dos caçulas: "Precisei desconstruir muita coisa"

Ator tem dado entrevistas contando seu lado paternal

Mateus abraçou a causa LGBTQIA+ após as filhas terem assumido bissexualidade - Reprodução/Instagram
Mateus abraçou a causa LGBTQIA+ após as filhas terem assumido bissexualidade - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 16/03/2021, às 10h15

O ator Mateus Carrieri, de 54 anos, contou como tem lidado com o assunto da sexualidade de seus filhos: Anna Chiara, de 15 anos, se assumiu bissexual; Nico, de 14 anos, revelou recentemente que é transgênero. Além disso, ele também é pai de Caique, de 35 anos. 

Mais conhecido após participar de A Fazenda 12, em 2020, Mateus tem realizado entrevistas contando sobre seu lado paternal, principalmente sobre Anna e Nico, se envolvendo nas causas LGBTQIA+:

"Essa geração lida com isso de um jeito muito natural, e eu aprendo todo dia com elas. Precisei desconstruir muita coisa. Sempre fui bem fora da curva, mas a galera da minha geração ainda tem costumes muito firmados. Penso que a gente pode e deve evoluir, mas, claro, cada um em seu próprio tempo de evolução", ressaltou o ator em entrevista à Caras.

Nico, que tinha o nome de Anna Francesca, pediu ao pai que fosse reconhecido como tal, pois é não-binário, ou seja, não se identifica com nenhum gênero específico:

"Como pai, ensino respeito, bom caráter, cobro por boas notas ou para que me ajudem nas tarefas de casa. Mas, quando o assunto é elas se aceitarem, eu só tenho apoio e amor para dar. E será sempre assim. Elas são pessoas muito legais e isso, para mim, já é o máximo", frisou Mateus.

Recentemente, durante conversa no podcast Paternidade.doc, Mateus falou sobre o assunto: "É a primeira vez que estou falando sobre isso.. Mas acho que está na hora mesmo e acho que ela sente isso".

"Mas uma coisa é você achar natural na casa do vizinho e o grande teste é quando isso entra dentro da sua casa, né? Como você vai reagir. Porque muita gente fala: 'Eu acho tudo lindo, tudo natural, está tudo certo, desde que seja na casa do vizinho'", explicou na ocasião.

Comentários