Cenapop
FAMOSOS

Luiza Ambiel revela ter passado seis meses sem fazer sexo: "É horrível e detesto"

Atriz diz que faria sexo todos os dias se pudesse e que sente tesão diariamente

Luiza Ambiel abriu o jogo sobre sexo e lembrou época da Banheira do Gugu
Luiza Ambiel abriu o jogo sobre sexo e lembrou época da Banheira do Gugu - Foto: Reprodução/ Instagram@luizaambieloficial

Redação Publicado em 06/05/2021, às 07h52 - Atualizado às 07h54

Eterna musa da Banheira do Gugu, Luiza Ambiel, de 48 anos, falou sobre o tempo em que participava do icônico quadro do Domingo Legal e revelou, entre outras coisas, que chegou a ficar seis meses sem sexo ― algo dificílimo para ela que admite sentir tesão diariamente.

“É horrível e detesto. Se pudesse, fazia sexo todo dia, porque eu sinto tesão todo dia”, disse ela, à revista Quem. À publicação, a ex-A Fazenda disse ainda que recebe muitas cantadas tanto de homens quanto de mulheres.

“Sempre recebi muita cantada e, na verdade, até hoje recebo, graças a Deus. Hoje recebo mais cantadas de mulheres, inclusive. Na época era mais de homens e para cada um deles eram duas mulheres. Hoje está ‘pau a pau’”, explicou ela, que já mostrou algumas vezes que não tem problema em exibir as curvas nas redes sociais.

Ao falar sobre o mito de que mulheres fortes “afastam os homens”, ela foi direta e reta: “Eu não tenho isso, porque homem de verdade não foge. Eu tive grandes homens na minha vida. [...] Não afasto homem, não. Só afasto bobão e machista e esses quero afastar mesmo”, ponderou.

“Não entendiam a Banheira como um trabalho”

Ao falar sobre a Banheira do Gugu, Luiza explicou que muita gente não via o quadro como um trabalho.

“Em pleno século 21, ainda vemos mulheres sendo julgadas pelo que vestem, por mostrarem o corpo e falarem o que pensam. Existem outros tipos de preconceito, mas estou falando do meu caso. Na época, as pessoas não entendiam que eu estava ali fazendo um trabalho e que eu era paga para não deixar ninguém pegar sabonete. E segurar homens com o dobro do meu tamanho e pessoas mais velhas que tinham que tomar cuidado, mas achavam que eu era um pedaço de carne e era só meter a mão”, ressaltou a musa.

Luiza acrescentou ainda que Gugu Liberato mudou sua vida: “Mais do que a Banheira, quem mudou minha vida foi o Gugu. Porque ele sempre me apoiou nas piores confusões em que entrava para me defender e ficou sempre ao meu lado quando pediam minha cabeça por brigar com poderosos”, continuou.

Ela ainda falou do namoro com Luiz Carlos, do Raça Negra, e também da relação com o ator Rômulo Arantes, que faleceu há 21 anos:

“Eu e o Rômulo tivemos um namoro quando os filhos dele ainda eram pequenos, mas foi algo de que nunca falei muito. Fui muito apaixonada por ele. Andei de avião pela primeira vez com ele, que me ensinou a me vestir porque era muito perua. Ainda sou um pouco, mas era pior. Usava saia curta, era tudo exagerado. Ele me lapidou”, completou.

Comentários