FAMOSOS

Luciana Vendramini diz que recebeu ajuda de Luciano Huck e família

Atriz revela que teve um "anjo da guarda" em sua vida

Luciana Vendramini - Reprodução/Instagram
Luciana Vendramini - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 12/01/2021, às 12h20

Luciana Vendramini, famosa no final da década de 80 por ensaio polêmico na Playboy, revelou em uma live com o apresentador Lucas Hit detalhes da sua relação com a família de Luciano Huck.

"Em 1989, faria um ensaio para a Playboy, assinado pelo Bob Wolfenson. Na época, admito, fiquei meio besta. Sempre que iam marcar o ensaio, eu dava uma desculpa, falava que estava menstruada, com dor de barriga, dor de cabeça... Cheguei a fazer a foto para a capa, mas não desmarcava o ensaio para o recheio da revista. Um dia, o pessoal me chamou para ir até a redação explicar o que estava acontecendo", revelou.

Luciana, que já havia feito um ensaio em 1987, disse que começou a receber muito assédio por causa dele, o que a desencorajou em fazer o segundo, que era previsto em contrato: "Tive um anjo na minha vida, o jornalista Mário Andrade, pai do Fernando Andrade, irmão do Luciano Huck. Ele era o diretor de redação da Playboy. Cheguei na sala dele chorando, disse que tinha muita vergonha, muita timidez. Expliquei que não queria. Ele chamou a secretária, pediu o contrato e rasgou", contou ela.

Ela afirma que a quebra de contrato sem multas a ajudou a seguir com a carreira: "O Mário era um cara muito amoroso e o Luciano era muito meu amigo na época. O Mário e a mulher, Marta, me acolheram muito. Na época, o Luciano queria ser fotógrafo".

Luciana revelou detalhes do primeiro ensaio nu: "Na época, eu achava que ia ser um fiasco, mas fiquei quietinha. Porém, sair na Playboy, era ter uma chancela de musa e grife. Na época, meu mundo era o balé. Eu era virgem. Levaram a gente para uma ilha deserta para as fotos. Minha mãe foi junto. O J.R. Duran era muito focado, muito profissional e eu achava que ele fosse bravo. Quando ele falou para eu tirar a blusa, emburrei. Empaquei como uma mula. Fiquei muito tímida. Fui para o meu quarto e fiquei dois dias sem falar com o Duran. Dois dias depois, começamos a fazer as fotos na praia. Comigo de moletom. Eu e Duran já fizemos as pazes. Depois, quando a revista saiu, veio a menina do interior em mim. Fiquei com vergonha. No shopping, no restaurante as pessoas me olhavam… Fazíamos os eventos de lançamento. Em Manaus, tive que sair escoltada como se fosse Beatles."

Comentários