FAMOSOS

John Travolta abre o coração sobre morte da esposa, Kelly Preston: "Saturado com a dor de todo mundo"

Atriz lutava contra câncer de mama durante dois anos e morreu em julho de 2020

John contou o que aprendeu desde que deu adeus à Kelly
John contou o que aprendeu desde que deu adeus à Kelly - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 22/04/2021, às 09h45

O ator John Travolta falou sobre seu luto após a morte da esposa, a atriz Kelly Preston, aos 57 anos, após batalhar durante dois anos contra um câncer de mama. John contou sobre o que aprendeu desde que deu adeus à Kelly, em julho de 2020. 

Em entrevista à revista Esquire México, ele admite: "Aprendi que chorar por alguém, viver em luto, é muito pessoal. O luto é pessoal e encontrar seu próprio caminho é o que pode levar à cura. É diferente da jornada de outra pessoa."

Pai de três filhos com a atriz, ele ressaltou: "A coisa mais importante que você pode fazer para ajudar as pessoas que estão passando pelo luto é dar-lhes espaço para vivê-lo e não complicar sua jornada com a sua própria. Tipo, imagine se você perder alguém e ficar muito triste no funeral, e outra pessoa vier até você dizendo que está se sentindo ainda mais triste e não deixar espaço para você sentir sua dor". 

Ele prossegue: "Tornam-se dois navios afundando juntos. Essa é a minha experiência. Porque, embora seja bom ter companhia, às vezes isso transforma você em alguém ajudando a outra pessoa em vez de se esforçar para superar o sentimento de perda e tristeza", lamentou o astro de 'Pulp Fiction'. 

"Você não tem ideia de quantas pessoas vieram até mim... e depois disso eu me senti saturado com a dor de todo mundo por não saber o que fazer”, ele revelou. "A primeira coisa que você deve fazer enquanto passa pelo luto é ir a algum lugar onde possa realmente lamentar, sem interrupções". Na época, ele lamentou a morte de Kelly ao lado da filha Ella (21) e do filho Ben (10). John e Kelly também foram pais de Jett, que morreu em janeiro de 2009 aos 16 anos. 

"Quando você é famoso, você vive em uma espécie de bolha de plástico, enclausurado como uma ostra. Você não pode abandoná-la se quiser sair em um dia normal para explorar a vida. Parte de mim já estava familiarizada com esse tipo de vida. A fama é o que me fez preparar para esses tempos raros em que vivemos", contou. Travolta também comentou sobre seu legado: "O legado é criado por todas as pessoas que me amaram e me ajudaram ao longo dos anos. Portanto, deixo para eles a formação de qualquer memória que desejem ter sobre mim."

Ele completa: "A vida é movimento e uma jornada; o que você deixa nas pessoas, acho que é o seu legado. A maneira como eles interpretam minha vida será diferente para cada um. E tudo bem, porque esse serei eu."

No início do mês, o ator prestou homenagem à sua filha, que comemorou seu 21° aniversário. Ao postar uma foto da jovem, o veterano ator fez uma declaração emocionada.

Comentários