FAMOSOS

Harvey Weinstein tirou filme premiado de Robin Williams dos cinemas para reduzir salário do ator

Kevin Smith, cineasta, revelou a história envolvendo Harvey Weinstein e Robin Williams em seu livro

Harvey Weinstein tirou filme premiado de Robin Williams dos cinemas para reduzir salário do ator - Foto: Reprodução / Miramax / IMDb
Harvey Weinstein tirou filme premiado de Robin Williams dos cinemas para reduzir salário do ator - Foto: Reprodução / Miramax / IMDb

Redação Publicado em 27/10/2021, às 10h06

Segundo o que o cineasta Kevin Smith conta em seu livro, "Kevin Smith's Secret Stash", o ex-produtor de cinema Harvey Weinstein teria retirado o filme "Gênio Indomável" dos cinemas para não pagar uma grande quantia em dinheiro para o ator Robin Williams. Smith, que foi o produtor-executivo do longa e escrito e estrelado pelos amigos Matt Damon e Ben Affleck, diz que Williams tinha havia um acordo que aumentava muito seus ganhos caso o filme independente, que rendeu dois Oscars, chegasse a arrecadar mais de $100 milhões nas bilheterias.

Ele comenta em seu livro: “Lembro-me de quando 'Gênio Indomável' estava saindo dos cinemas e parecia estranho porque era como, 'Espere? Há toda essa agitação do Oscar, então por que você retiraria dos cinemas se fosse apenas para ganhar dinheiro? 'E eles fizeram isso porque mantê-lo nos cinemas significava que mais do dinheiro iria para Robin, enquanto no momento em que fosse para home vídeo, a divisão não seria feita com ele. O filme foi prejudicado por causa da ganância", comentou Kevin Smith.

Distribuído pela "Miramax", empresa de Weinstein , o filme sofreu com o grande poder que o produtor tinha na época, que fez o que pode para impedir o lucro de Robin Williams. O filme arrecadou mais de 225 milhões de dólares em bilheterias e acabou rendendo um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante para Williams e outro de Melhor Roteiro Original para Matt Damon e Ben Affleck.

Comentários