Cenapop
FAMOSOS

Ex-atriz pornô, Lana Rhoades diz que foi coagida a gravar cenas desconfortáveis: “Tinha crises de pânico”

Atriz abriu o jogo sobre o trabalho na indústria pornográfica

Lana Rhoades abriu o jogo sobre sua experiência no pornô
Lana Rhoades abriu o jogo sobre sua experiência no pornô - Foto: Reprodução/ Instagram@lanarhoades

Redação Publicado em 10/03/2021, às 07h23

Ex-atriz pornô, Lana Rhoades, de 24 anos, contou que os poucos meses que trabalhou na indústria pornográfica vão “assombrá-la” pelo resto da vida.

A atriz explicou que sonhava em atuar em filmes adultos desde a adolescência, mas que ficou “extremamente frustrada” ao descobrir como a coisa funcionava realmente.

Lana revelou que o trabalho não era nada glamoroso e ou divertido quanto ela esperava, e revelou que era coagida a gravar cenas que não estava confortável para fazer – algo que fez com que ela começasse a ter crises de pânico antes das filmagens.

“Você pode entrar na indústria e dizer, eu nunca farei um gang bang (sexo em grupo) e eu nunca faria isso. Mas você sabe que está no negócio. Então [os agentes] dizem coisas para você ao longo do tempo”, disse ela, à Playboy.

“Eles dizem coisas como, ‘Oh, todas as boas ‘vagabundas’ fazem isso. É assim que as pessoas vão te amar’. Só que, se você fizer, vai ter que fazer outras coisas. Lá dentro, você não quer decepcionar ninguém, então acaba fazendo muita coisa com o tempo”, desabafou.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Lana Rhoades (@lanarhoades)

 

Virada na carreira

Apesar de ganhar mais dinheiro para gravar as “cenas mais extremas”, Lana percebeu que, conforme sua conta bancária crescia, seu entusiasmo pelo trabalho e tempo para a vida pessoal, relacionamentos, viagens e amigos era inexistente.

Ela resolveu deixar a indústria pornográfica alguns meses depois e investir em conteúdo próprio nas redes sociais. Hoje acumula 14,3 milhões de seguidores no Instagram e cobra caro por um publipost: uma média de R$ 175 mil por postagem.

Além do Instagram, onde tem contrato com grifes como Fashion Nova e Yandy, ela também tem seu próprio podcast (3 Girls 1 Kitchen) e uma página no OnlyFans com 25 mil membros que pagam R$ 35 por mês para ver seus vídeos e fotos exclusivas – tudo escolhido por ela.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Lana Rhoades (@lanarhoades)

 

Sombra de ser ex-atriz pornô

Apesar de finalmente ter conquistado a vida glamourosa que sonhava quando adolescente (ela tem duas mansões, três carros de luxo e um império de negócios), o período em que trabalhou na indústria de filmes adultos dificilmente será esquecido.

De acordo com o jornalista Lynsey Addario, que entrevistou Lana para a revista, a influenciadora sofre com o assédio nas ruas por conta do trabalho nos filmes pornográficos.

“O período em que Lana Rhoades trabalhou no pornô é como uma sentença de prisão perpétua com a qual ela precisa lidar diariamente: o olhar de julgamento de todas as pessoas que ela conhece (ou não conhece); o assédio dos homens na rua, que acham que podem tocá-la sem seu consentimento; seus vizinhos que chamam a polícia toda vez que ela aparece usando um shorts curto no quintal de sua casa em Chicago”, pontuou.

“Seu passado no pornô é como um ‘elefante na sala de estar’ nos relacionamentos: basicamente, todos os homens por quem ela se apaixona dizem que não conseguem amá-la da mesma forma porque ela um dia foi atriz pornô”, finalizou.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Lana Rhoades (@lanarhoades)

 

Comentários