FAMOSOS

Paula Mattos se assume gay: “Namorei garotos só para me encaixar em um padrão”

Artista fez revelação em primeira mão em conversa com André Piunti

Paula Mattos abriu o jogo sobre sua sexualidade - Foto: Reprodução/ YouTube@andrepiunti
Paula Mattos abriu o jogo sobre sua sexualidade - Foto: Reprodução/ YouTube@andrepiunti

Redação Publicado em 14/07/2021, às 16h46

Natural de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, a cantora e compositora Paula Mattos abriu o jogo sobre sua sexualidade e se assumiu gay durante uma conversa com o jornalista André Piunti.

“Estou falando isso aqui em primeira mão, estou me assumindo gay”, começou ela, acrescentando: “Não é fácil estar aqui e falar com todo o Brasil sobre esse assunto, mas é uma coisa que muitas pessoas comentavam nos bastidores e tal. Eu nunca tive problema com isso e nem nada, apenas medo de falar e as pessoas me enxergarem de outra maneira ou não me aceitar”, continuou.

Com vários trabalhos e parcerias com outras duplas e cantores famosos, incluindo Henrique e Juliano, Marília Mendonça, Matheus e Kauan, Luan Santana, Gusttavo Lima, Wesley Safadão, Henrique e Juliano, Marcos & Belutti, Thaeme e Thiago e Munhoz e Mariano, entre outros, Paula disse que não teve o apoio da família.

“O cancelamento começa dentro de casa, eu não tive o apoio do meu pai e da minha mãe, quando eu me assumi. Aos 8 anos de idade, minha mãe viu eu dando um selinho em uma menina, uma amiguinha da escola, e ela me olhou feio, me reprimiu. Já namorei garotos para me encaixar em um padrão que não era meu”, continuou.

“Sou casada há 9 anos”

A artista continuou dizendo que o acolhimento dentro de casa é muito importante, e que chegou a achar que “estava pecando” por gostar de alguém do mesmo sexo.

“Depois eu fui vendo que não, fui entendendo. A mãe apoiar, acolher o filho, entender o que ele quer ser é importante. Tinha bloqueios, não me aceitava. Isso me prejudicou, mas faço terapias há mais de um ano, e hoje estou aqui falando abertamente sobre o assunto”, revelou.

“Sou casada há 9 anos, não é um caso, não é uma brincadeira, como muitas pessoas acham que é uma brincadeira. Não é. Eu tenho a minha família. E eu não vou expor uma pessoa que não é pública que não quer se expor. Se eu sou o que eu sou hoje, é graças a essa pessoa também”, disse.

“O respeito é tudo. Vou continuar a ser a mesma Paula. Nós temos uma família, uma vida. Não estou aqui para ganhar like, fama. Tantas pessoas morrendo, tanta homofobia, ameaçadas na internet. Que mal ela faz por ser quem ela é?”, completou.

Comentários