FAMOSOS

Anitta diz que é “difícil namorar no Brasil” e conta como conheceu crush bilionário: “Foi ok”

Cantora está passando temporada nos EUA, onde conheceu Michel Chetrit

Anitta contou que “foi ok” primeiro encontro com namorado bilionário - Foto: Reprodução/ Instagram@anitta
Anitta contou que “foi ok” primeiro encontro com namorado bilionário - Foto: Reprodução/ Instagram@anitta

Redação Publicado em 16/06/2021, às 06h11

Anitta contou que o primeiro encontro com o novo namorado, o bilionário Michel Chetrit, foi “ok” e aconteceu de uma forma totalmente normal, na casa de um amigo, nos EUA.

Em conversa com Paris Hilton, a brasileira disse ainda que “tentou flertar com todo mundo no Brasil”, e que é difícil namorar por aqui por conta da vida atribulada.

“No Brasil, é muito difícil conhecer pessoas novas. E cheguei a tentar mandar algumas mensagens diretas, tentei flertar com todo mundo... Mas aqui eu tenho uma vida mais regular, mais comum. Eu o conheci na casa de um amigo. Foi ok. Foi um encontro normal. Nós nos cumprimentamos depois de passarmos um pelo outro e tal. Mas no Brasil é muito difícil”, começou ela.

No bate-papo, Anitta explicou que a agenda profissional lotada de compromissos dificulta a vida pessoal.

“Eu não saio no Brasil. É complicado eu fazer isso. E estou sempre trabalhando. Então, o que eu faço, ou melhor, o que eu costumava fazer, porque agora não faço mais, era procurar a pessoa por quem eu estava interessada e dizer: ‘Oi! Vamos nos encontrar?’. Costumava fazer assim”, revelou.

A cantora explicou que “gostaria de ter tempo” para conhecer as pessoas, mas admitiu que, às vezes, costuma “ficar entediada”: “Ah, eu amaria ter um tempo, mas às vezes não posso, às vezes é demais, às vezes eu fico entediada”, confessou.

Ao falar sobre a carreira, Anitta contou que está se divertindo mais na fase atual de seu trabalho:

“No passado, eu era muito dependente de números, metas... Aí conquistei tudo o que queria, fiz performances em muitos lugares que sempre sonhei. Agora estou mais relaxada e não tenho mais essas coisas na minha cabeça. E as pessoas comparam pessoas, artistas. Eu era assim, me importava com essas coisas, agora me beneficio e uso o meu trabalho para me divertir”, completou.

Comentários