Cenapop
FAMOSOS

Nicki Minaj mostra seu lado fofo ao falar sobre filhos na Cosmopolitan

Nicki Minaj em seu ensaio para a Cosmopolitan
Nicki Minaj em seu ensaio para a Cosmopolitan - Foto: Matthias Vriens-McGrath

Redação Publicado em 30/05/2015, às 17h10 - Atualizado às 17h13

Em um papo aberto com a revista Cosmopolitan, a rapper Nicki Minaj falou sobre sexo, a gravação de seu álbum de estúdio mais recente (The Pinkprint), grana e futuro com seus “dois ou três” filhos. Estrela da edição de julho, ela revelou como se vê daqui a dez anos, e a resposta é uma fofura só:

“Daqui a dez anos, eu terei dois filhos, a não ser que meu marido queira ter três. Estarei muito mais focada na minha forma física, para acabar com essas dietas ioiô, e cuidarei dos negócios de casa mesmo. Quero ter tempo para cozinhar para os meus filhos, fazer uns biscoitos para eles, e acompanhar o crescimento deles. Só quero ser uma boa mãe. Levá-los à escola, ir à reunião de pais e professores, ajudá-los com o dever da escola, e pendurar seus desenhos na geladeira”, completou.

À publicação, ela contou que as mulheres deveriam mandar mais na cama, e deu até o exemplo de uma amiga.

“Eu é quem decido quando chegarei ao clímax. Acho que as mulheres deveriam ser assim, exigir isso de qualquer maneira. Tenho uma amiga que nunca chegou ao orgasmo em toda sua vida. Na vida inteira! É loucura. Sempre podemos intervir e mostrar ao parceiro como deve ser. Vamos nos abrir e falar um com o outro, dizendo como fazer. Ela diz que é um prazer. Eu também acho que é, mas tem que ser meio a meio”, declarou a interprete de Anaconda.

Nicki Minaj em seu ensaio para a Cosmopolitan – Foto: Matthias Vriens-McGrath

Nicki contou que sempre foi muito competitiva quando o assunto é valorização do trabalho e salário.

“As mulheres ficam desconfortáveis quando o assunto é grana. É um tabu falar sobre o assunto no trabalho. Tecnicamente, você não deve fazer isso [pesquisar o salário do outro], mas também é necessário saber o quanto as pessoas que estão a sua volta estão sendo valorizadas. Caso contrário, você não vai saber se estão valorizando seu trabalho. Faça sua pesquisa. Eu sempre fui muito competitiva em relação ao meu salário”, explicou.

Seu mais novo álbum de estúdio, Pinkprint, começou a ser gravado após o rompimento com Safaree Samuels.

“Eu não estava de caso pensado, não decidi escrever um álbum sobre mim, mas Pinkprint chegou num momento crucial da minha vida. Descobri que as pessoas podem dar a volta por cima a qualquer momento. Como toda mulher, tenho vulnerabilidades emocionais, e isso é ok. Eu tive que aprender rapidamente que, se você não tem senso de quem você é, pode ser destruída por um homem, por um relacionamento. Eu tive que me perguntar ‘Quem eu sou? Ele é mesmo bom o bastante?’”, completou.

Nicki Minaj em seu ensaio para a Cosmopolitan – Foto: Matthias Vriens-McGrath

Comentários