Cenapop
FAMOSOS

“Aparecida diz que quero tirar dinheiro dos meus filhos”, diz viúva de Gugu sobre irmã do apresentador

“Aparecida diz que quero tirar dinheiro dos meus filhos”, diz viúva de Gugu sobre irmã do apresentador
“Aparecida diz que quero tirar dinheiro dos meus filhos”, diz viúva de Gugu sobre irmã do apresentador - Foto: Reprodução

Redação Publicado em 31/01/2020, às 15h45 - Atualizado às 15h58

Em entrevista concedida para a Revista Veja desta semana, a viúva de Gugu, Rose Miriam di Matteo, falou abertamente sobre os motivos que a fizeram entrar com a ação judicial conta o espólio do apresentador, visando reconhecer a união estável que teve com ele.

Rose disse que, na época em que o testamento era feito, os dois passavam por uma grave crise no relacionamento. “Gugu fez esse documento em 2011, quando tivemos um problema comum a todo casal. Tive depressão e TOC naquele ano, fiquei internada. Se assinei algum papel no hospital, não dispunha de condições físicas. Agora, depois disso, eu e Gugu voltamos a ficar bem”, relatou.

Gugu morreu no dia 22 de novembro, depois de uma queda acidental em sua casa em Orlando – residência, aliás, que dividia com Rose Miriam. Na entrevista à revista, ela reclamou da forma com a qual vem sendo tratada desde a morte do apresentador.

“Basta procurar em revistas, na TV, em tudo: ele sempre nos tratou como ‘a minha família’. Em setembro de 2019, estivemos juntos no aniversário da mãe dele, em Portugal. Ali, aos parentes, eu era apresentada como nora e esposa. O que mudou de lá para cá?”, questionou.

Ela continuou: “Aliás, os irmãos do Gugu poderiam ser minhas testemunhas se não tivessem interesses próprios. Éramos uma família, apenas não morávamos debaixo do mesmo teto. O conceito de união estável não define que é preciso morar juntos. A família dele não me quer como meeira. Mas tenho esse direito, não vou viver de migalhas. Vou tirar meu sustento do que me pertence”, disse, em tom de desabafo.

Segundo ela, a briga judicial começou de verdade quando Aparecida Liberato, irmã de Gugu, apareceu no testamento como “curadora” das gêmeas Marina e Sofia, menores de idade.

“Isso é um absurdo. Não sou retardada mental, cuido das minhas filhas. Como aceitar um testamento desses? Hoje não tenho acesso a nada. Eles depositam dinheiro para o João (Augusto, filho mais velho). Tive de pedir dinheiro emprestado a uma amiga para fazer compras de mercado”, afirmou.

O impasse entre a família de Gugu aumentou nesta semana. Na última terça (28/01), a colunista Monica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, relatou que Aparecida Liberato pediu judicialmente a retirada do irmão de Rose, Gianfrancesco Di Matteo, da casa onde ela vive atualmente em Orlando.

Gianfrancesco está morando com a irmã desde a morte de Gugu. A família do apresentador pediu que ele deixe a residência, onde também vivem os filhos do casal.

“A casa é o lar de Rose e o irmão está lá para dar apoio a ela neste momento difícil. Vamos pedir a exclusão de Aparecida Liberato como inventariante, por conflitar com o interesse dos filhos e da viúva”, declarou o advogado de Rose, Nelson Willians.

Comentários