CINEMA

Filha de Carrie Fisher interpretou Leia em uma cena do novo filme de Star Wars

Billie Lourd, filha de Carrie Fisher, interpretou a General Leia em uma cena do novo filme de Star Wars que não pode ser recriada de outro modo.

Filha de Carrie Fisher interpretou Leia em uma cena do novo filme de Star Wars - Foto: Reprodução
Filha de Carrie Fisher interpretou Leia em uma cena do novo filme de Star Wars - Foto: Reprodução

Redação Publicado em 08/01/2020, às 13h04 - Atualizado às 14h41

Todo mundo sabe que Carrie Fisher foi incluída no novo filme da saga Star Wars, A Ascensão Skywalker, através de cenas deletadas dos filmes anteriores e alguma manipulação digital. Isso porque a estrela morreu em dezembro de 2016, após um ataque cardíaco durante uma viagem de avião.

Os produtores da saga espacial mais famosa do mundo tiveram que cortar um dobrado para conseguir concluir a história sem excluir uma de suas personagens mais importantes, no caso, a Princesa (General) Leia. A solução encontrada por J.J. Abrams, diretor do filme, foi escrever o roteiro do filme usando 8 minutos de cenas da atriz que deletadas. Mas era preciso um pouco mais.

Atenção para o spoiler: há um momento do filme em que, em um flashback, vemos Luke (Mark Hamill) e Leia treinando com sabres de luz, enquanto ainda eram jovens. A cena se passa no treinamento da princesa para se tornar uma Jedi. Com a falta da atriz, como realizar essa cena?

Quem explicou como isso foi feito foi o supervisor de efeitos visuais da ILM, Patrick Tubach, em entrevista ao Yahoo Entertainment. Ele confirmou que, nesta cena, Luke foi interpretado pelo próprio Hamill, que teve seu rosto rejuvenscido por computador, enquanto a filha de Fisher, Billie Lourd, fez o papel que foi de sua mãe.

“Billie estava bancando a mãe”, disse Tubach ao Yahoo. “Foi uma coisa comovente e algo que ninguém considerou fácil de fazer – que ela estava estava ali por sua mãe”, disse Tubach, que afirmou ainda que o pedido para Lourd fazer a cena partiu do próprio diretor Abrams. Eles filmaram alguns segundos e a equipe de efeitos visuais substituiu o rosto de Lourd por imagens de Fisher, tiradas da trilogia original.

“Foi emocionante para todos vê-la nessa posição”, acrescentou Tubach. “Foi ótimo para nós também. Se você quer que alguém faça o papel de Fisher, é ótimo que seja Billie porque há muitas semelhanças entre eles que pudemos extrair. O verdadeiro desafio foi apenas fazer as imagens de Leia com as quais tivemos que trabalhar se encaixarem nessa cena”, ponderou.

Antes da estreia do filme nos cinemas, Lourd escreveu um artigo para a revista Time, onde falou sobre a experiência de fazer um filme de Star Wars sem a sua mãe – já que ela tinha uma personagem na trama, a Tenente Connix.

“Eu sabia que seria uma das coisas mais dolorosas e difíceis que já fiz, mas disse que sim por ela – por minha mãe”, escreveu a atriz.

Comentários