“Passei 20 anos sem chorar, mas agora estou mais emotivo”, revela Brad Pitt

Brad Pitt está cotado ao Oscar por seu papel em Era Uma Vez em Hollywood, de Quentin Tarantino - Foto: Reprodução

Brad Pitt está cotado ao Oscar por seu papel em Era Uma Vez em Hollywood, de Quentin Tarantino – Foto: Reprodução

Durante uma entrevista dada ao lado de Anthony Hopinks para a revista Interview Magazine, Brad Pitt fez uma revelação curiosa: ele não conseguiu chorar por 20 anos.

Aos 55 anos, o astro falou sobre emotividade ao lado do lendário intérprete de Hannibal Lecter em O Silêncio dos Inocentes. Os dois já atuaram juntos em filmes como Lendas da Paixão e Encontro Marcado, e se tornaram amigos desde então.

“Eu não chorei, sei lá, nos últimos 20 anos, e agora eu me vejo muito mais emocionado. Fico emocionado com os meus filhos, emocionado com os meus amigos, emocionado pelas notícias. Apenas emocionado”, Pitt revelou.

Ele é pai de Maddox (18 anos), Pax (16 anos), Zahara (14 anos), Shiloh (13 anos) e os gêmeos Knox e Vivienne (11 anos), de sua relação com Angelina Jolie, de quem se separou em 2016.

Ele ainda complementou: “Eu acho que é um bom sinal. Eu não sei onde isso vai parar, mas eu acho que é um bom sinal”, afirmou o astro, que está cotado para o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por sua performance em Era Uma Vez em… Hollywood, filme dirigido por Quentin Tarantino e lançado em agosto deste ano.

Ao ver a declaração do amigo, Hopkins disse considerar natural que, com o passar dos anos, ele acabe se tornando uma pessoa mais emotiva.

“Você vai notar que, à medida que você fica mais velho, você vai simplesmente querer chorar”, disse o veterano. “Não se trata nem de uma questão de luto, mas da glória da vida”, ponderou.

Brad Pitt ao lado de Anthony Hopkins nos bastidores de Encontro Marcado, filme de 1997 - Foto: Reprodução

Brad Pitt ao lado de Anthony Hopkins nos bastidores de Encontro Marcado, filme de 1997 – Foto: Reprodução

Comentários