Samantha Gondim, mãe de Mayã Frota, diz que irá processar Alexandre Frota após declarações na web

Samantha Gondim decidiu processar o ex-ator e deputado federal Alexandre Frota após declarações na web – Foto: Reprodução/ Instagram

O desentendimento entre Mayã Frota, de 19 anos, e o pai, o ex-ator e deputado federal Alexandre Frota, na web, ganhou um novo capítulo nesta quinta-feira (11/10).

Citada como ‘bartender’ e ‘usuária de drogas’ em um vídeo postado no Facebook por Alexandre Frota, Samantha Gondim, que é mãe de Mayã, decidiu processá-lo nas varas cível e criminal.

Segundo Juliana Zappalá Bisol, advogada contratada por Samantha para cuidar do caso, a personal trainer entrará com os dois processos na Justiça.

Após ser eleito deputado federal, Alexandre Frota foi atacado pelo filho na web. Em sua página no Twitter, Mayã ironizou o resultado das urnas:

Mayã Frota criticou o pai, Alexandre Frota, após o ex-ator ser eleito deputado federal de São Paulo pelo PSL – Foto: Reprodução/ Instagram

“Eu sou filho de um ex-ator pornô e ex-viciado em cocaína, que defende a família, mas queria me abortar. Como ele virou atual deputado federal de São Paulo eu não sei”, escreveu.

Em sua defesa, Alexandre publicou um vídeo em sua página no Facebook, no qual revela detalhes de sua relação com Samantha. Em um trecho, o ex-ator diz que os dois se conheceram em um bar, e depois fizeram sexo e consumiram diferentes tipos de drogas em um quarto de hotel em Brasília.

“Ela tinha 16 anos na época. Não trabalhava e nem poderia trabalhar como bartender como afirma o senhor Alexandre Frota. Não foi apenas uma relação. Os dois tiveram um envolvimento. Tomaremos todas as medidas cabíveis na Justiça”, disse a advogada, ao jornal Extra.

Além dos novos processos, Samantha ainda tem três ações na Justiça contra Alexandre Frota. Um deles pede o acerto de R$ 60 mil, referente à pensão alimentícia de Mayã.

No vídeo, Alexandre Frota conta como Mayã foi concebido, e diz que ele e Samantha estavam “bebendo, cheirando e fazendo sexo, ambos bem loucos”:

“Não sei se você sabe de tudo, mas quando foi concebido em um quarto de hotel em Brasília, eu e sua mãe, uma bartender na época, que conheci e na mesma noite saiu comigo para uma noitada, já havíamos enchido a cara na festa e resolvemos ir para o hotel. No hotel estávamos bebendo cheirando, fumando e fazendo sexo, ambos bem loucos. Eu e ela, ok? Sei que é difícil para você entender, mas precisamos deixar claro a verdade. E é na loucura que cometemos loucuras. Detalhe: Sempre fui contra o aborto como sou até hoje, e nunca quis abortar você, não sei o que Samantha te falou”, declarou.

Na última quarta-feira (10/10), Samatha usou o Instagram para desabafar após o desentendimento ganhar proporção na web. Em um textão, ela contou que “prefere ouvir a voz de sua consciência”, e que aprendeu a “transformar todo julgamento, todo ódio e toda dor em antídoto contra o veneno”.

LEIA MAIS:

Mãe de Mayã Frota publica desabafo
Mulher de Tiririca relembra ensaio
Piovani espanta zica em cachoeira
Cleo posa com adesivo nos seios
Mayra Cardi mostra filha se mexendo
Jojo exibe decote explosivo de maiô

Veja mais notícias de Famosos.