Agatha Moreira posa nua para projeto de autoaceitação

Agatha Moreira em foto do projeto Pele Project – Foto: Brunno Rangel

Após Flávia Alessandra, Sabrina Sato, Priscila Fantin e Fernanda Paes Leme, foi a vez da atriz Agatha Moreira tirar a roupa para o projeto Pele Project.

Com mote “por baixo da roupa, somos todos pele”, a iniciativa mantida pelo fotógrafo Brunno Rangel e pelo diretor criativo Marcelo Feitosa retrata pessoas [famosas e anônimas] como elas são, com suas peculiaridades e particularidades, em fotos que recebem o mínimo possível de Photoshop.

Na nova imagem do projeto, Agatha Moreira aparece completamente nua, exibindo o corpo longilíneo e a pequena tatuagem de unicórnio que tem no braço.

O Pele Project é uma iniciativa que promove a beleza natural das mulheres, que mantém as peculiaridades das pessoas usando o mínimo possível retoques. Clique aqui para conhecer mais projetos de beleza inspiradores.

Projeto incentiva a autoaceitação

Diretor criativo do projeto, Marcelo Feitosa explicou que a iniciativa surgiu pela necessidade de fazer as pessoas entenderem o poder da autoaceitação.

Em entrevista à revista Quem, ele explicou que identificou nas pessoas uma dificuldade muito grande de aceitarem os próprios corpos por causa dos padrões impostos pela mídia e pela sociedade.

“Percebemos a dificuldade que personalidades e anônimos têm de se aceitarem com o próprio corpo por conta de padrões que a mídia, a sociedade e a vida impõem. Como acreditamos no que fazemos, não há excesso de photoshop. Não queremos vender uma mentira e resolvemos criar um projeto em que a pessoa vestiria nada além dela mesma”, explicou.

À publicação, Marcelo disse ainda que espera fazer com que as pessoas entendam o poder da autoaceitação:

“Além de fazer com que as pessoas entendam o poder da autoaceitação, também queremos dizer que realmente por baixo da roupa somos todos pele, independente da cor, do tamanho, das sardas, do excesso, da falta. A pele é o maior órgão do corpo humano e todos nós temos”, completou.

O Pele Project será transformado em livro e deverá ganhar exposição no segundo semestre de 2018.