Solteiro, Paulo Vilhena diz: “Não tenho mais paciência de ficar na night”

Paulo Vilhena como o esquizofrênico Domingos Salvador na novela Império (2014)

Paulo Vilhena como o esquizofrênico Domingos Salvador na novela Império (2014)

Perto de se despedir de Salvador, seu personagem na novela Império, da TV Globo, Paulo Vilhena contou, em entrevista para a revista Quem desta semana, que se surpreendeu com o carinho das crianças nas ruas por conta de seu papel.

“Trabalhei para humanizá-lo, senão ele ia ficar como ‘o maluco que matou’. Eu trabalho há uns 17 anos e nunca tive um retorno assim, principalmente das crianças. Nem quando eu fazia Sandy e Júnior (1998 -2001). Elas ficam encantadas com o Salvador, imitam os tiques dele”, declarou o ator.

Além disso, ele comentou a sua fase de solteiro desde que terminou seu casamento com Thaila Ayala há mais de um ano: “Hoje sou mais caseiro, gosto de sair com amigos, mas nada de balada. Só um showzinho de vez em quando. Não tenho mais paciência de ficar na night. É a idade… Estou ficando velho, né?”.

O ator ainda contou como foi o período da separação: “É uma dor, qualquer separação é difícil. Em um relacionamento de cinco anos, há toda uma vida em comum e, de repente, tive que lidar com outra realidade. Mas o tempo minimiza. Tem o lado bom de estar sozinho, você se olha mais, presta mais atenção nas suas vontades”.

Comentários