Cenapop
TV

Coronavírus: Atores das novelas da Globo fazem campanha e pedem às pessoas para ficarem em casa

Murilo Benício, de Amor de Mãe, aparece no vídeo produzido pela Globo
Murilo Benício, de Amor de Mãe, aparece no vídeo produzido pela Globo - Reprodução

Redação Publicado em 23/03/2020, às 13h20

"Se você pode, fique em casa!" Esse é o pedido do elenco das novelas Amor de Mãe, Salve-se Quem Puder e Nos Tempos do Imperador.
 
De suas casas, os atores gravaram uma participação especial para compor as iniciativas da empresa de mobilização da sociedade no combate ao Coronavírus. O objetivo é levar conteúdo também para os intervalos comerciais dos canais de TV aberta e fechada da Globo, ampliando os espaços para prestação de serviço e disseminação de informação relevante e de qualidade.
 
As mensagens começaram a ser veiculadas no último final de semana, em roteiros criados por Sergio Valente, diretor de Marca e Comunicação da Globo. O movimento é pautando pelo compromisso da  empresa em manter os interesses e as necessidades do público sempre no centro de suas tomadas de decisão. 
 
Com a suspensão das gravações das novelas, elenco e  equipes passaram a cumprir as recomendações de isolamento social, para reduzir a velocidade de propagação e circulação do vírus. E agora, eles convidam todos a fazerem o mesmo.
 
Em uma corrente pela mobilização, os atores de cada uma das novelas se dividem na leitura dos roteiros que traçam um paralelo entre os títulos e histórias com a situação atual do país. Para isso, foram produzidos três diferentes filmes, estrelados por parte do elenco de cada uma das tramas. Em comum, todos reiteram a importância do cumprimento da recomendação para redução da velocidade de contágio.
 
Além disso, ressaltam que essa é uma atitude importante, especialmente, para manter em segurança quem não pode deixar de ir ao trabalho, como profissionais de saúde, segurança, limpeza, jornalistas e funcionários de estabelecimentos e serviços essenciais, como supermercados e farmácias.
 
Veja:
 
 
 

Iniciativas da Globo contra o coronavírus

 
Essa é mais uma etapa dos importantes movimentos que a Globo tem colocado em curso nos últimos dias. Na semana passada, uma iniciativa conjunta entre TV Globo, Gloob e Gloobinho deu início à Ciranda da Limpeza, movimento criado especialmente para envolver as crianças nas iniciativas de prevenção à propagação do Covid-19.
 
Para isso, foi criada uma música exclusiva, em tom de cantiga de roda, para explicar de forma lúdica o passo a passo para lavar as mãos corretamente. Ela é trilha sonora de um filme que conta com atrações infantis dos canais, como Clube da Anittinha, Escola de Gênios e Miraculous: As Aventuras de Ladybug e tem sido veiculado tanto na TV aberta quanto nos canais direcionados às crianças. 
 
Entre as iniciativas, está também a ampliação dos programas jornalísticos. Desde a semana passada, a empresa mantém, diariamente, 11 horas consecutivas ao vivo na TV aberta, incluindo a veiculação de um programa novo, Combate ao Coronavirus, na grade das manhãs. Na TV fechada, a GloboNews também mexeu em sua grade, para levar aos brasileiros uma programação e conteúdos alinhados com os interesses e as necessidades do público, que estará cada vez mais em casa nos próximos dias.
 
 

Globo abre sinais de canais na TV paga

 
Também para cumprir esse compromisso, um acordo com as principais operadoras de TV abriu o sinal de todos os canais lineares da Globo, independentemente do pacote contratado, garantindo o acesso a conteúdos para toda família, com informação e entretenimento de qualidade. Um iniciativa que beneficia cerca de seis milhões de assinantes, entre clientes pré e pós pago. 
 
Há medidas, ainda, focadas no ambiente digital. Após liberar conteúdos para não assinantes, o Globoplay e os serviços digitais da Globo adotaram uma medida especial para garantir a qualidade do consumo de vídeo por streaming. Focada em contribuir para a preservação da infraestrutura da Internet no Brasil, conta com  a limitação na entrega de dados a partir do dia 23 de março. Temporária, a iniciativa irá suprimir os perfis de resoluções mais altas, como 4K e Full HD (1080P). 

Comentários