Cenapop
Reality

Ícone dos anos 80, Kátia quer fazer parceria com deficiente visual do ‘The Voice’

Redação Publicado em 28/10/2014, às 12h14

A participação de Edu Camargo, deficiente visual, no The Voice Brasil está dando o que falar, dentro e fora do programa, e agradando técnicos e público. Chamou atenção inclusive de Kátia Oliveira, ícone dos anos 80 com a clássica Qualquer Jeito (Não Está Sendo Fácil), que revelou o desejo de uma parceria em entrevista ao GShow, do Globo.com.

“Espero poder trabalhar, produzir ou compor algo com ele. Até o momento, só nos falamos pelas redes sociais. A deficiência visual faz parte da vida dele assim como da minha e é apenas um item. O que conta é o talento. Gostei dele porque me atraiu como artista. Quando se destacou no The Voice, ele se tornou formador de opinião para outros deficientes. O Edu vai ser um espelho para que outros sigam seus passos”, disse ela.

A cantora também elogiou a escolha da música. “Achei sensacional! Uma pessoa focada. Ele colocou a alma na apresentação e foi muito feliz na escolha da música. Gosto muito do programa. Os cantores que passam pelo palco são privilegiados por serem observados por Lulu, Daniel, Brown e Claudia“, comentou.

Quando Edu soube do elogio, logo de cara disse que era uma honra e adoraria participar de algum projeto com a artista. “Conheço o trabalho da Kátia. Fiquei muito feliz de saber que ela elogiou minha apresentação. Uma pessoa com tamanha presença querer trabalhar comigo vai ser um prazer”.

Para ele, sua participação no programa é muito importante para incentivar as pessoas com deficiência a mostrarem seus talentos. “Eu me dei a oportunidade de estar aqui. Desejo que outras pessoas tenham essa vontade. Temos que acreditar. Quero que as pessoas vejam os deficientes de uma forma diferente, mostrar que somos normais. Espero que tenha inspirado as pessoas a se inscreverem”, disse Edu.

Comentários