NETFLIX

O Fio Invisível: suspense com toques sobrenaturais chega à Netflix; confira detalhes

O Fio Invisível já está no catálogo da Netflix. Veja a crítica, resumo e curiosidades sobre o suspense

Cena de O Fio Invisível, filme de suspense que está na Netflix - Foto: Reprodução / Netflix
Cena de O Fio Invisível, filme de suspense que está na Netflix - Foto: Reprodução / Netflix

Redação Publicado em 13/10/2021, às 20h19

Quem sempre espera pelo mês de outubro para assistir a produções de suspense e terror nos streamings já está comemorando: o mês todo, praticamente, é voltado para esse gênero. Mas, no caso desse filme que está estreando na Netflix, é um terror psicológico, subgênero que muita gente gosta, como se nota pelo sucesso de Round 6 na plataforma.

Trata-se de “O Fio Invisível”, um filme baseado no livro de Samanta Schweblin lançado em 2014. A autora co-escreveu o roteiro ao lado da diretora peruana Claudia Llosa. A história começa como drama, evolui como suspense e finaliza como um terror psicológico dos bons. Além de tudo isso, ainda mistura questões espirituais com uma preocupação ambiental que é bem interessante.

Neste longa-metragem, diretora e escritora exploram a questão psicológica que afeta principalmente aquelas pessoas que já têm filhos: imagina você criar uma pessoa que depois você já não reconhece mais? Esse é um dos maiores pavores da maioria dos pais: os laços entre pais e filhos sendo cortados, não havendo nada que os usa, essas coisas. É material pesado para um filme de terror, não é?

O enredo

Mas esse filme mistura essa temática com outra, que também é pertinente aos dias de hoje, com o mundo inteiro se preocupando com o aquecimento global e preservação do planeta. O filme faz questionamentos bastante pertinentes a respeito dos perigos que a poluição industrial tem causado ao meio ambiente.

Na história, a gente conhece Amanda, uma mulher que está traumatizada e longe de casa. Um menino chamado David começa a fazer perguntas a ela, tentando fazer com que ela recupere a memória. Só que tem uma coisa: ela não é mãe dele, e ele não é filho dela. O tempo tá passando e se esgotando, então ele tenta ajudar Amanda a desvendar uma história impressionante que envolve ciúme obsessivo, um perigo invisível e claro, a força do amor de uma mãe.

O filme já está no catálogo da Netflix. Veja todos os detalhes como crítica, curiosidades e resumo no vídeo que abre o texto.

Comentários