Cenapop
Império

Império: Calculado? Romance de José Alfredo e Ísis chega ao fim

José Alfredo (Alexandre Nero) e Isis (Marina Ruy Barbosa). Crédito: Reprodução/TV Globo
José Alfredo (Alexandre Nero) e Isis (Marina Ruy Barbosa). Crédito: Reprodução/TV Globo

Redação Publicado em 14/11/2014, às 09h00 - Atualizado às 12h21

Mesmo depois de juras de amor, até sinceras, José Alfredo (Alexandre Nero), com direito até a casamento simbólico no Monte Roraima, tem planos mais ambiciosos além do insosso romance entre ele e Maria Ísis (Marina Ruy Barbosa). Ameaçado por Maurílio (Carmo Dalla Vecchia), ele vai terminar com a ninfeta e forjar a própria morte.

Mas antes da saída de cena do Comendador, ele vai questionar a presença dos aproveitadores, Magnólia (Zezé Polessa) e Severo (Tato Gabus Mendes), na vida da amante e a própria irá peitar os pais.

“Podem ir tirando o cavalinho da chuva porque a fonte secou! Cansei de baterem na minha porta todo dia pra pedir dinheiro! Não dá mais pra ser explorada por vocês, que me tratam não como filha, mas como uma fonte de renda, uma espécie de vaca leiteira! Tou de saco cheio de ser arrimo de família pra pessoas com saúde, que passam o dia na praia ou na frente da TV, enquanto dou duro pra me manter. E acabei de tomar essa decisão. Daqui, não sai mais nem um tostão furado! Fui clara?”, se rebela.

LEIA MAIS:José Alfredo vai aceitar tirar virgindade de Cora
LEIA MAIS:Cristina vai assustar José Alfredo ao analisar empresa
LEIA MAIS:Magnólia e Severo ficarão ricos após apostar em corrida

Ofendida, Magnólia promete vingança e diz ao marido que vai fazer de tudo para tirar de Ísis o que ela mais ama: o Comendador! Ele chegam a procurar a vítima:

“Como Ísis disse na época, ela estava grávida, sim! Mas perdeu a criança. Deus me perdoe por lhe dizer isso, mas guardei segredo por tempo demais e sinto que o remorso está me corroendo, por isso tenho que lhe dizer de quem era aquele pobre bebê. Era do seu filho, do João Lucas! O bebê que a Maria Ísis esperava e perdeu, não era seu filho era seu neto!”, dirá a golpista.

Mesmo apaixonado, José Alfredo não vai aguentar a notícia e dirá para si mesmo: “Acabou Maria Ísis, acabou…”. Amor é o que não falta, né? Isso faz parte dos planos espertos de José Alfredo ou será de fato uma decisão verdadeira?

Leia o diálogo:

José Alfredo
Mas é muito atrevimento seu! Agora que sua filha lhe despachou, parou de lhe dar dinheiro de uma vez por todas, você vem aqui na porta da minha empresa pra me pedir mais alguma coisa!

Magnólia
Ai, ai, ai, ai, ai! Vamos parar com a grosseria que não vim aqui com o pires na mão, não! Muito pelo contrário: vim lhe dar, ou melhor, trocar uma informação valiosíssima sobre um assunto que a Isis escondeu do senhor há meses!

José Alfredo
Ela não tem segredos comigo.

Magnólia
Aí que o senhor se engana. Pelo menos um ela tem, sim, e daqueles cabeludos, black power! Tem a ver com aquele anúncio que ela lhe fez de que estava grávida, lembra? Bem… Como ela disse na época, ela estava grávida, sim! Mas perdeu a criança… E não era sua. Era de alguém que lhe é muito próximo… Deus me perdoe por lhe dizer isso, mas guardei segredo por tempo demais e sinto que o remorso está me corroendo, por isso tenho que lhe dizer de quem era aquele pobre bebê que infelizmente não viu a luz do mundo… Era do seu filho! Do João Lucas!

José Alfredo
Lembro. Lembro muito bem. E alguns dias depois ela me disse que foi apenas uma gravidez histérica.

Magnólia
Que nada, foi a desculpa esfarrapada que eu mesma criei pra ela contar pro senhor. Pra que o senhor não desconfiasse de nada. Mas ela estava buchudíssima, era tudo verdade, gravidez pra valer!

Magnólia ainda inventa uma mentira, diz que Ísis e Lucas queriam ficar juntos: “É, é isso, sim. Eu até me tremo inteira por ter que lhe contar toda essa… essa barafunda, mas eu não suporto mais o remorso por ter contribuído praquela farsa, de ter praticamente servido de travesseiro pros dois pombinhos, que viviam arrulhando pra lá e pra cá”.

José Alfredo
“E agora, de uma hora pra outra, aparece aqui pra me contar essa história toda… Eu lhe pergunto: por quê?”

Magnólia
“Porque não quero que o senhor, um homem do seu gabarito, continue vivendo numa mentira. E quero sair dessa história limpa. Eu e meu marido estamos decididos a voltar pra São Fidélis, esquecer essa porcalhada toda. Só que não temos meios, não é?”

José Alfredo
“Já que a Isis cortou as mordomias todas que lhe dava…”

Magnólia
“Dava, não. Vendia em troca do meu silêncio… que vale ouro”

Após entregar um envelope de dinheiro, José Alfredo chega ao veredicto:

“Chega! Você vai embora daqui, sim. Pra São Fidélis, pro raio que a parta. Eu vou lhe dar o que veio me pedir. Até mais do que jamais sonhou na vida pra nunca mais… ouviu bem? Nunca mais passar na minha frente, nem nos meus sonhos. Como nunca mais vai abrir a boca pra falar dessa história, nem pra sua sombra. Tome! Nem mais uma palavra, nem um suspiro sequer… Só dê meia volta e vá embora. Some daqui!”

Comentários