FAMOSOS

Morre Françoise Forton, aos 64 anos; atriz lutava contra um câncer

Françoise Forton estava internada no Rio de Janeiro para tratamento contra um câncer

Françoise Forton morreu neste domingo (16/01), vítima de um câncer - Foto: Reprodução
Françoise Forton morreu neste domingo (16/01), vítima de um câncer - Foto: Reprodução

Redação Publicado em 16/01/2022, às 16h15

Morreu neste domingo (16/01) a atriz Françoise Forton, 64 anos. Ela estava internada na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro, onde fazia um tratamento contra um câncer há quatro meses.

Durante a manhã, circulou a notícia de que o estado de saúde da artista havia piorado, mas nenhuma confirmação foi feita pela equipe médica que a atendia e nem pela família. A informação sobre o falecimento de Forton foi dada pela coluna de Ancelmo Góis, de "O Globo".

Vida e carreira

A atriz nasceu no Rio de Janeiro em 1957, filha de um francês e de uma brasileira. Ela começou a carreira em 1969, quando participou da novela "A Última Valsa", e em seguida interpretou a namorada de Tuco na primeira versão de "A Grande Família".

Seu primeiro papel de destaque veio em "Fogo Sobre Terra", em 1974, onde interpretou Estrada-de-Fogo. A partir de então, sua carreira deslanchou com protagonismos em "Cuca Legal", "O Grito" e "Estúpido Cupido", sucessos na década de 70.

Após um tempo afastada da televisão, ela retornou em 1983 emplacando dois trabalhos na Band: a novela "Sabor de Mel" e a série "Casa de Irene". Em 1988, fechou contrato com a Globo e participou de "Bebê a Bordo" e, no ano seguinte, de "Tieta", onde fez Helena, esposa de Ascânio (Reginaldo Faria), em papel de destaque. Na mesma época, teve seu primeiro diagnóstico de câncer no útero, devido ao qual passou por radioterapia e ficou curada no ano seguinte, após uma histerectomia.

Forton continuou emplacando sucessos nos anos 90, como em "Meu Bem, Meu Mal","Perigosas Peruas", "Sonho Meu", "Quatro por Quatro" e "Explode Coração". Em seguida, esteve em "Por Amor", "Uga Uga", "O Clone" e "Kubanacan" -- ao fim deste trabalho, ela se transferiu para o SBT, onde fez "Seus Olhos" e "Os Ricos Também Choram".

No meio dos anos 2000, foi para a Record, onde ficou até 2012, quando foi novamente chamada para trabalhos na Globo. Ela não atuava desde 2019, quando esteve em "Amor Sem Igual", da RecordTV.

Na vida pessoal, Forton foi casada com Ênio Viotti, com quem teve seu filho, Guilherme Forton Viotti, nascido em 1980. Eles foram casados entre 1978 e 1982. Ela só voltou a assumir um relacionamento em 2014, quando se casou com o produtor Eduardo Barata.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Françoise Forton (@francoiseforton)

 

Comentários