FAMOSOS

Miss Bumbum 2021: Advogado quer realizar nova final do concurso após polêmicas

Adilson Bertolai quer chamar todas as concorrentes e refazer a final do concurso

Lunna Leblanc foi consagrada vencedora do Miss Bumbum Brasil 2021 - Foto: Reprodução / Instagram
Lunna Leblanc foi consagrada vencedora do Miss Bumbum Brasil 2021 - Foto: Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 12/07/2021, às 12h09

A polêmica envolvendo a final do Miss Bumbum 2021 continua rendendo nas redes sociais.

Após comunicar que entraria com ação judicial para cancelar o resultado do concurso, o advogado Adilson Bertolai avisou que, independente dos desdobramentos que o caso tome na esfera judicial, ele chamará as 27 concorrentes representando os 27 estados para uma nova final.

O advogado argumenta que a forma que foi realizada a final, com jurados a distância, resultados contestados, denúncias de fraudes, credenciam a uma nova final.

A nova final será com jurados presenciais, e voto revelado ao vivo, num evento com público, num renomado espaço em São Paulo, todas as 27 finalistas serão convidadas, inclusive as ganhadoras que se ganharam por mérito não terão motivos para não participar, somente irão ratificar o título, não deixando nenhuma margem de dúvida.

Bertolai, que estava presente no evento original, procurou se inteirar dos votos dados pelos jurados, e diz ter tido acesso às anotações das somatórias dos votos que apontam outra concorrente como vencedora.

Ele ainda avalia as medidas que ira tomar, e diz que além das implicações da esfera cível como devolução dos valores pagos as modelos e indenização por danos morais e material, também há a possível práticas dos crimes de estelionato, falsidade ideológica, crime de propaganda enganosa, que além de lesar as participantes lesou também todos que acompanharam e assistiram o evento.

Cacau Oliver, "dono" do concurso, é empresário e produtor da vencedora Lunna LeBlanc, e se as denúncias se concretizarem, o concurso já tem as vencedoras antes mesmo do seu início. As concorrentes pagaram somente para participar do concurso quantos que iam de R$ 10.000,00 à R$ 15.000,00.

Bertolai também disse que se for levado adiante deverá ser pedido a quebra dos sigilos telefônicos, whatsApp, e-mail e das redes sociais, dos organizadores, Cacau Oliver,Andressa Urach, Paula Prata dos Santos , Stefany Roque Gomes, além de gravação dos votos dos jurados, Rafinha Bastos, Mauricio Meireles, Vanessa Paula, Catia Pagonete, Israel Cassol, Mestre José e Vivi Tomassi.

Comentários