FAMOSOS

Mariana Rios fala de projeto de álbum religioso e de nova série: "Componho música para Deus"

Atriz está gravando a série 'De Volta aos 15', da Netflix

Ao completar 18 anos em 2007, Mariana se mudou de Minas Gerais para o Rio de Janeiro, para atuar em 'Malhação' - Reprodução/Instagram
Ao completar 18 anos em 2007, Mariana se mudou de Minas Gerais para o Rio de Janeiro, para atuar em 'Malhação' - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 24/05/2021, às 07h52

A atriz Mariana Rios falou sobre estrelar na série 'De Volta aos 15', da Netflix, e contou que irá lançar no próximo mês seu novo projeto de álbum religioso, em conversa com a coluna de Patrícia Kogut

Contando com quatro músicas autorais em seu álbum, Mariana explica: "Sempre falei muito com Deus. Ele faz parte do meu dia a dia. Componho músicas para Deus e escrevo textos desde criança. Mas sempre foram coisas íntimas. Até que, na última Sexta-Feira Santa, eu que não estava bem. Por mais que eu tente manter minha energia voltada para a espiritualidade e para ter inteligência emocional, diante de tudo o que está acontecendo, tem uma hora que você de fato cai. Então, nesse dia, acordei 5h, sentei ao piano e compus cinco, seis músicas para Deus."

Ela prosseguiu: "Uma atrás da outra. Fiquei muito emocionada. Passei o final de semana inteiro cantando e pensei: "Preciso lançar". É um dos projetos mais verdadeiros da minha vida. Coincidentemente, o Kauan, da dupla com o Matheus, me ligou, sem saber de nada, no dia em que fiz as músicas, falando que queria que eu conhecesse o estúdio dele e gravasse algo lá. Na outra semana, a gente já se organizou. Fiz tudo em quatro dias. E gravei quatro clipes no total". 

A atriz ainda falou sobre a nova trama, que irá mostrar personagens aos 15 e aos 30 anos. Mariana irá dividir seu papel como Luiza ao lado de Amanda Azevedo. Além delas, Maisa Silva e Camila Queiroz interpretam Anita: " série tem uma pegava bem jovem. A história mostra os conflitos da personagem na adolescência e as escolhas que ela fez para se tornar o que é hoje. Eu sou bem diferente dela. Me identifico mais com a Anita, que saiu muito nova de casa, como eu."

Ao completar 18 anos em 2007, Mariana se mudou de Minas Gerais para o Rio de Janeiro, para atuar em 'Malhação'. Atualmente, ela tem revivido sua personagem assistindo à reprise da temporada de 2009 no Canal Viva: "Até hoje me chamam de Yasmim. Foi um trabalho que só me trouxe alegrias. Todos morávamos no mesmo prédio. Íamos para as gravações na mesma van. Era uma grande família. E entendi que fazer sucesso não me torna uma pessoa melhor nem diferente de alguém. Numa hora você está por cima e, em outras, por baixo."

"É preciso permanecer com a essência, valorizando as pessoas que sempre estiveram com a gente. Estou nesse meio, mas o meio não está em mim, não me pertence. Claro que tenho amigos da área, mas as pessoas que compartilham da minha vida são minhas amigas de Araxá, minhas primas, minha família. Acho importante manter as raízes". Recentemente, Mariana acabou sofrendo um aborto espontâneo abrir descobrir sua gravidez do ex-noivo, Lucas Kalil. Ela acabou enfrentando a separação cinco meses após o aborto, depois de ficarem juntos durante dois anos. Mariana afirma não se importar com os comentários sobre sua vida:

"Eu nunca me deixei ser pressionada por ninguém, por nada. Sempre vivi o que desejei viver, pelo tempo que desejei. Isso é prova do que acabou de acontecer. Eu estava de casamento marcado, mas as coisas mudaram, e resolvemos não estar mais juntos. Sou muito fiel aos meus sentimentos. "Ah, mas já marquei, o que vão pensar?". Não estou nem aí. Se você não for fiel à sua verdade, você se perde no que os outros desejam para você". Ela garante que sua visão em relação a sua vida amorosa foi mudando com o tempo:

"Até uma certa idade, eu tinha o desejo de me casar, de fazer cerimônia. Depois passei a não ter mais esse desejo. Acredito que tudo tem um tempo, e é preciso respeitar as fases de cada coisa. Existem amizades, amores e paixões que vão durar uma vida inteira e outros que duram um ano, seis meses, uma viagem... Se amanhã eu tiver vontade, dentro de uma relação, de ter filho e me casar, eu vou. Se eu fizer tudo isso e sentir que o ciclo precisa ser fechado, vou fechar. Hoje penso muito diferente do que pensava há oito anos", completou. 

Comentários