Cenapop
FAMOSOS

Camilla Camargo fala sobre quarentena sem babá e empregada: “Não é fácil”

Camilla Camargo falou sobre o dia a dia com o filho na quarentena
Camilla Camargo falou sobre o dia a dia com o filho na quarentena - Foto: Reprodução/ Instagram

Redação Publicado em 22/05/2020, às 09h22

Mãe do intrépido Joaquim, de 9 meses, Camilla Camargo contou que está se tendo que se virar nos 30 para dar conta dos afazeres domésticos e dos cuidados com o pequeno neste período de quarentena.

Sem babá ou empregada, a atriz disse que “não está sendo fácil” dar conta da correria, mas que está adorando passar mais tempo com o filho e ter o privilégio de poder curtir a maternidade.

“Estou numa correria louca tentando manter a casa em ordem e cuidando dele. O Joaquim está em uma fase de descobrir muitas coisas, subindo em tudo, abrindo gavetas, experimentando... Então preciso ficar muito atenta a ele. Não é fácil, só tenho tempo para fazer as outras tarefas quando ele dorme. Mas para tudo damos um jeito e estou agradecida pelo privilégio de estar em casa e poder curtir meu filho por mais tempos”, disse ela, à coluna de Patricia Kogut, do jornal O Globo.

À publicação, Camilla contou que estava começando a se preparar para voltar ao trabalho quando a pandemia do novo coronavírus estourou mundo a fora. Como consequência, todas as produções de TV e cinema foram paralisadas.

“Tinha retomado leituras de textos de teatro, voltado a fazer testes e estava com um trabalho engrenado. De repente, tudo tudo! Corretamente, claro. Mas eu estava saindo do puerpério e agora parece que estou vivendo dois seguidos”, explicou a filha de Zezé Di Camargo e Zilu.

Ao falar sobre o isolamento, Camilla contou que é um momento para se pensar no coletivo.

“Precisamos dar valor a um abraço, que agora não podemos dar, à nossa saúde e a das pessoas que amamos e ao senso de coletivo. Não basta tudo dar certo só para nós; temos que pensar como sociedade. Momentos como esse mostram claramente que, pra seguirmos em frente, precisamos de uns ajudando os outros e cooperando. Quem pode, deve ficar em casa por nós, por quem amamos e também por todos aqueles que estão diariamente se arriscando na linha de frente ao enfrentamento do coronavírus”, completou.

Comentários