FAMOSOS

Andreia Sadi detalha saída de hospital com filhos gêmeos: "Não parava de chorar"

Jornalista contou sobre a mudança na rotina após nascimento dos filhos com André Rizek

Andréia e André são pais dos gêmeos Pedro e João, que nasceram no dia 7 de abril deste ano
Andréia e André são pais dos gêmeos Pedro e João, que nasceram no dia 7 de abril deste ano - Foto: Reprodução / TV Globo

Redação Publicado em 22/06/2021, às 11h33

A jornalista Andreia Sadi deu detalhes, durante conversa com a também jornalista Mariana Queiroz, sobre a dificuldade de deixar a maternidade com os filhos, os gêmeos Pedro e João

Na conversa, ela falou sobre ter que deixar o hospital: "Nas duas primeiras semanas eu chorei de desespero. Eu não queria ir embora da maternidade, eu estava amando não ter alta. Porque quando tive alta. Agora é com a gente (...) Na hora que você sai, eles com quatro dias, é desesperador."

"Eu vim rezando. Comecei chorando no carro, não parava de chorar", contou. A jornalista também comentou sobre o medo de sofrer um acidente durante o trajeto até sua casa, no carro: "Eu comprei dois adesivos: bebê a bordo, amarelo, gigante. Eu pensei em tudo isso. Tudo me dava medo, eu tinha medo da cabecinha mole, amamentação, o banho, eu tenho medo. O umbigo? Medo de lidar."

"A gente queria ter filhos depois da eleição de 22, estava pensando nisso. Foi uma surpresa a gravidez, estava fazendo alguns exames e ia ser difícil (de engravidar naturalmente), eu não estava preocupado. A gente tomou um susto, mas nada vai superar o susto de estar gravidez de gêmeos. Eu descobri muito avançada, fiquei perplexa", explicou.

Mãe dos gêmeos de seu casamento com o jornalista esportivo André Rizek, Andréia publicou uma declaração ao marido nas redes sociais ao celebrar o aniversário dele no último mês: "Hoje é o dia dele, que diz que não gosta de niver. Mas eu amo, então meu Instagram, minhas regras. Tudo que desejo nesse novo ciclo é muita saúde e paz."

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Mariana Queiroz (@marianaqueirozjornalista)

 

Comentários