FAMOSOS

Andrea Sorvetão revela mágoa e diz que Marlene Mattos era truculenta: “Induziu a me demitir”

Ex-paquita falou sobre tratamento que recebia da diretora de TV

Andrea Sorvetão contou que Marlene Mattos pegava pesado com as paquitas - Foto: Reprodução/ Instagram
Andrea Sorvetão contou que Marlene Mattos pegava pesado com as paquitas - Foto: Reprodução/ Instagram

Redação Publicado em 15/06/2020, às 05h46

Uma das paquitas mais icônicas, Andrea Sorvetão contou que era muito cobrada por Marlene Mattos – diretora dos programas de Xuxa Meneghel na TV Globo – no tempo em que trabalhava como assistente de palco da Rainha dos Baixinhos.

Convidada do Na Real, programa comandado por Bruno De Simone no YouTube, a ex-paquita revelou que só saiu do programa porque “foi induzida” e que ficava muito triste pela maneira como era tratada.

“Eu fui induzida pela Marlene a me demitir. Tudo o que acontecia vinha como um turbilhão pra cima de mim. E aquilo foi me chateando, foi me magoando, mexia muito comigo”, revelou ela.

De acordo com Sorvetão, as brigas nos bastidores eram pesadas e não havia hora e nem lugar para Marlene falar o que dava na telha até na frente de outras pessoas.

Na entrevista, Andrea explica que decidiu pedir demissão do grupo de paquitas aos 16 anos após precisar se ausaentar por motivos de saúde e receber uma ligação de Marlene:

“A Marlene ligou me descascando. Eu não pude nem abrir a boca. Da minha cabeça não saia ‘eu não mereço ouvir isso’. Eu disse ‘Marlene, tá bom. Chega! Eu saio do grupo’. Teve um momento em que a Xuxa pediu para eu ficar. E eu chorando e falando ‘Eu não consigo’”, lembrou ela.

Passado alguns anos, no entanto, Sorvetão voltou a trabalhar com Marlene Mattos e Xuxa. Para a ex-paquita, a oportunidade foi uma maneira de a diretora se desculpar pelo que havia acontecido no passado.

“Passou. Foi uma época em que todo mundo estava num momento muito à flor da pele em tudo. Olhando hoje para trás, eu deveria ter dito ‘Tá, eu vou ficar. Mas, por favor, Marlene, não fale essas palavras’. Eu poderia ter feito isso, mas eu não tinha forças, entendeu? Porque era óbvio que eu queria continuar com as Paquitas”, completou.

A entrevista na íntegra irá ao ar nesta segunda-feira (15/06), no canal de Bruno De Simone no YouTube.

Comentários