FAMOSOS

Alexandre Barillari conta desejo dos pais de que fosse general: "Minha carreira não foi bem aceita"

Alexandre Barillari diz que pensava em ser ator desde os 16 anos

Ator revela ter entrado para faculdade de Arquitetura para enganar o sonho dos pais - Reprodução / Instagram
Ator revela ter entrado para faculdade de Arquitetura para enganar o sonho dos pais - Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 17/01/2022, às 09h18

Alexandre Barillari, intérprete de Prudêncio em Nos Tempos do Imperador, comenta sobre o significado especial do personagem em sua vida e revela que o sonho de seus pais era que ele fosse general. 

"Eu fiz faculdade de Arquitetura. O curso funcionava no prédio de Belas Artes, então foi um grande reencontro para mim. Eu entrei para o curso para driblar o sonho dos meus pais de que eu fosse general do Exército. Eu venho de uma família de militares. Com 16 anos, eu já pensava em ser ator, e isso era insuportável para eles."

Alexandre prosseguiu: "Então, durante a faculdade, comecei a fazer teatro escondido. Por muitos anos, a minha carreira não foi bem aceita por eles. Foi só depois de "Salsa e merengue" (1996) que eles começaram a mudar de ideia, até que se tornaram grandes fãs", explicou ele, em conversa com a coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo. 

Mesmo sendo do ramo artístico, Barillari ainda exerce a profissão de arquiteto, realizando apenas projetos para amigos e para si. O artista ainda comentou sobre ter ido a Petrópolis quando soube de seu papel para a novela, e visitou o Museu Imperial. "Nas minhas maiores lembranças da infância em Petrópolis, estou andando de pantufas no Museu Imperial. Desta vez, por conta da novela, fui com um olhar mais detalhista. A equipe do museu me recebeu e mostrou muita coisa."

"Na preparação, pensei em Pedro Américo (famoso pintor na época) e no seu quadro "Batalha do Avaí", em que ele retratou Caxias com a farda desabotoada, o que foi uma grande polêmica na época. Por isso, eu sugeri que o meu personagem sempre aparecesse com a farda um pouco desabotoada. A ideia foi aceita", finalizou. 

Comentários