FAMOSOS

Alec Baldwin apontava para a câmera quando disparo matou diretora de fotografia, diz depoimento

Alec Baldwin matou acidentalmente Halyna Hutchins durante gravações do faroeste "Rust"

Astro recebeu arma cenográfica carregada por um assistente de direção antes do acidente - Reprodução / Instagram @alecbaldwininsta @halynahutchins
Astro recebeu arma cenográfica carregada por um assistente de direção antes do acidente - Reprodução / Instagram @alecbaldwininsta @halynahutchins

Redação Publicado em 25/10/2021, às 09h28

Alec Baldwin estava apontando arma para a câmera, em ensaio das gravações do faroeste "Rust", quando matou acidentalmente a diretora de fotografia, Halyna Hutchins, após o disparo, segundo depoimento dado pelo diretor do longa-metragem à polícia.

A declaração ajudou a fornecer detalhes adicionais sobre o acidente na última quinta-feira (21/10), que matou Halyna e feriu Joel Souza, diretor do longa. Nos documentos judiciais, Baldwin recebeu o revólver, que afirmaram estar descarregado. As informações são do G1 desta segunda-feira (25/10).

"Joel afirmou que Alec estava sentado em um banco em um edifício de igreja, e ele estava praticando um saque (de arma) cruzado. Joel disse que estava olhando por cima do ombro de (Hutchins), quando ouviu o que parecia um chicote e um estalo alto", dizia a declaração.

Joel então se lembra vagamente dela reclamar sobre seu estômago e colocando a mão em sua barriga. O diretor também disse que Halyna começou a tropeçar para trás e foi ajudada até ser colocada no chão.

"Hutchins disse que não conseguia sentir suas pernas", disse Reid Russel, um cinegrafista que estava ao lado dela no momento do disparo. De acordo com um mandado de busca, o funcionário que entregou a arma a Baldwin não sabia que havia munição real no revólver.

 

Equipe lamenta tragédia

A produtora do filme, Rust Movie Productions LLC, divulgou uma nota alegando que "todo o elenco estava devastado pela tragédia".

"Nós enviamos nossas condolências mais profundas condolências à família e os entes queridos de Halyna", disse a nota, completando: "Interrompemos a produção do filme por tempo indeterminado e estamos cooperando totalmente com a investigação do Departamento de Polícia de Santa Fé. Estamos providenciando aconselhamento psicológico a todos os envolvidos na produção do filme enquanto nos esforçamos para enfrentar esse terrível acontecimento", disse.

A revista People noticiou, ainda, que o astro de 63 anos relatou que pretende tirar um tempo para si mesmo: "Isso foi muito devastador. É assim que ele lida com os tempos difíceis. Sempre que algo ruim acontece, no curto prazo, ele se afasta dos olhos do público".

Baldwin decidiu cancelar todos os seus projetos após vivenciar a tragédia no set do filme. Uma fonte contou que ele ficou "histérico e absolutamente inconsolável por horas". 

O pai de Halyna, Anatoly Androsovych, também declarou que não culpa o ator pela tragédia. "Alec Baldwin não tem culpa, a responsabilidade é da equipe responsável pelos objetos de cena, que cuida das armas", disse ele em entrevista ao jornal britânico "The Sun".

Comentários