Cenapop
FAMOSOS

David Beckham lidera ranking britânico de celebridades mais bem pagas nas redes sociais; Neymar é 9° no geral

Redação Publicado em 11/12/2019, às 12h38

No faturamento através das redes sociais, em 2019 não teve para ninguém: David Beckham liderou o ranking – ao menos, no Reino Unido.

O ex-jogador de futebol se tornou neste ano a celebridade mais bem paga por posts em suas redes sociais, como o Instagram. Aos 44 anos, Beckham recebeu uma média de 286 mil libras (aproximadamente 1,5 milhão de reais) por um único “publi post”. Detalhe: neste ano ele já fez mais de 30 publicações do tipo. Portanto, seus ganhos chegaram a 8,6 milhões de libras (no câmbio atual, 47 milhões de reais).

Foi um aumento expressivo nas contas de Beckham, que no ano passado ganhava cerca de 228 mil libras por post. Os dados foram divulgados pelo portal de pesquisas Hopper HQ, administrador de contas de rede social em nome de empresas e celebridades.

No Reino Unido, Beckham lidera com folga, seguido por seu colega de profissão Gareth Bale, que teve uma média de R$ 905,2 mil por posts nas redes sociais. Olhando a lista geral, porém, o marido de Victoria Beckham fica em 17° lugar.

Perde até mesmo para Neymar, que ficou com o 9° na lista global, ganhando R$ 3 milhões por post. O ranking é liderado pelo segundo ano consecutivo pela bilionária Kylie Jenner (R$ 5,2 milhões por post), seguida de Ariana Grande (R$ 4,2 milhões por post) e Cristiano Ronaldo (R$ 4 milhões por post).

O nome de Beckham em uma lista como essa entrou em evidência por conta da revelação do balanço anual de sua empresa, a DB Ventures, que caíram pela metade em comparação com o ano passado: de 23,2 milhões de libras em 2017 para 11,5 milhões de libras em 2018.

Ao mesmo tempo, a empresa de moda de Victoria ficou quase 36 milhões de libras no vermelho. Com tudo isso, eles ainda se mantiveram em 372° na lista dos mais ricos do Sunday Times em 2019.

Veja o ranking:

David Beckham se torna a celebridade britânica mais bem paga nas mídias sociais em 2019 – Foto: Reprodução

Comentários