Cenapop
FAMOSOS

Namorando com Beatriz Coelho, Camila Pitanga demorou para contar à família sobre relacionamento

Namorando com Beatriz Coelho, Camila Pitanga demorou para contar à família sobre relacionamento
Namorando com Beatriz Coelho, Camila Pitanga demorou para contar à família sobre relacionamento - Foto: Reprodução

Redação Publicado em 12/11/2019, às 10h35 - Atualizado às 10h47

No começo dessa semana, Camila Pitanga começou sendo o assunto mais comentado na internet, após rumores de um relacionamento com uma mulher.

Pouco tempo depois, a assessoria da atriz confirmou: ela está mesmo em um relacionamento sério com a artesã Beatriz Coelho. A notícia pegou a todos de surpresa.

O romance da atriz chegou aos Trending Topics do Twitter nesta segunda (11/11), quando as primeiras notícias começaram a sair. No entanto, esse namoro não é novo.

Segundo informações do Jornal Extra nesta terça-feira (12/11), Camila e Beatriz estão namorando há um ano. Essa informação também foi confirmada pela assessoria da atriz, que não pretendia, neste momento, assumir publicamente o seu novo relacionamento.

Tanto é que, segundo o jornal, ela demorou até mesmo para contar para a filha e para o restante da família. Entretanto, uma vez que conversaram sobre o assunto, ela e a namorada foram acolhidas com carinho por todos eles.

A história de Camila e Beatriz começou no final de 2018, quando elas viajaram juntas para Morro de São Paulo, na Bahia. Alguns meses depois, elas foram juntas para a Europa e chegaram até mesmo a postar algumas fotos por lá, lado a lado. Naquela época, a atriz foi procurada pela imprensa para falar sobre sua relação com Beatriz, mas afirmou que não estava pronta para assumir o romance publicamente.

Agora que a união das duas artistas é público, nada mudará, segundo as informações disponibilizadas pelo jornal: o namoro continuará discreto e sem exposição. Camila não deve falar sobre o assunto de forma enfática na imprensa, enquanto Beatriz manterá até mesmo sua conta no Instagram fechada, apenas para amigos.

Comentários