FAMOSOS

Atrações do Rock in Rio, Taty Quebra-Barraco e MC Carol falam sobre a expectativa do show

Atrações do Rock in Rio, Taty Quebra-Barraco e MC Carol falam sobre a expectativa do show - Foto: Reprodução O público brasileiro já está acostumado com a

Atrações do Rock in Rio, Taty Quebra-Barraco e MC Carol falam sobre a expectativa do show - Foto: Reprodução
Atrações do Rock in Rio, Taty Quebra-Barraco e MC Carol falam sobre a expectativa do show - Foto: Reprodução

Redação Publicado em 27/09/2019, às 11h36 - Atualizado às 11h45

O público brasileiro já está acostumado com a ferocidade com que Taty Quebra Barraco e MC Carol abordam os temas em suas músicas. É exatamente esse o poder que a obra delas exerce.

Elas, que vão se apresentar juntas nesta sexta-feira (27/09) no palco do Rock in Rio, entendem que ter um espaço em um dos festivais mais celebrados do mundo é demonstração do poder que a música que fazem alcançou.

“Estamos ocupando lugares que sempre foram nossos por direito, cada vez mais independentes. É uma causa, uma responsabilidade”, disse Taty em entrevista conjunta para o jornal Extra de hoje. “Fizemos estrada para o funk estar onde chegou e para tantas outras mulheres passarem, com discurso coerente o tempo todo. Fazemos nosso trabalho e as pessoas não enxergam o que a gente passa. Preconceito por ser mulher, do morro, mas foi o que a gente escolheu. A recompensa é ter um público cantando nossas músicas independentemente de como elas sejam”, comentou, entusiasmada.

Carol, que tem feito um sucesso estrondoso por conta do empoderamento feminino que promove (assim como Taty), acredita que a independência financeira seja também um dos fatores que representam a “libertação” das mulheres.

“Me senti realizada quanto comecei a conquistar meus sonhos. Creio que outras tantas mulheres sentem o mesmo, comprando sua casa própria, atingindo alto nível social e sem precisar de ninguém. Também vejo a possibilidade de usar o cabelo como quisermos como uma forma de liberdade”, disse. “Antes, as mulheres usavam os fios quase sempre alisados. A única exceção eram as roqueiras, que tinham cabelos coloridos”, afirmou.

 

“Temos uma história de amor”

Taty e Carol já estiveram juntas outras vezes, incluindo um reality show. Além disso, dividiram o palco diversas vezes, para a alegria dos fãs das duas. Durante o papo, elas comentaram a importância que uma tem para a outra.

“Eu e Taty temos uma história de amor. Quando comecei a cantar dizia ‘quero ser essa mulher, subir no palco e botar para quebrar’. Chorei de medo ao saber que entraria para o reality, mas me animei quando soube que ela estaria lá. E tenho quase certeza de que sou filha dela. O sobrenome é o mesmo, ela tem uma filha chamada Carolina Lourenço, mesmo nome que o meu”, contou Carol.

Taty relembra: “Quando escutei o primeiro sucesso da Carol pensei ‘essa é a Taty Quebra Barraco do Futuro’. Meu retrato ali, com atitude e letra”, disse.

 

Estilo de Anitta

As duas comparam seu estilo ao de Anitta, outra funkeira que fez sucesso – mas com a (enorme) diferença de não fazerem concessões comerciais em suas músicas. Elas são defensoras orgulhosas do chamado “funk proibidão”, que faz uso de letras bem diretas.

“Todo mundo tem o direito de fazer o que quiser da vida, mas que não venha desmerecer a estrada onde começou a trilhar a carreira. Do tipo, ‘não sou funkeira’, isso já não concordo, não que ela faça isso. Eu fiz funk favela, raiz. Essa é minha identidade e não posso fugir dela. Claro, as pessoas precisam pagar as contas, o que está difícil. Mas minha pegada é outra e não me vejo cantando outros ritmos”, diz Taty sobre não se curvar às necessidades do mercado da música para “se adequar”.

Carol se abre ainda mais: “Eu sou louca. No meu show canto ‘Ne me quitte pas’, Nina Simone, forró. Não quero saber de nada. Mas sou principalmente funk raiz, ritmo número um”, afirmou.

Comentários