Cenapop
FAMOSOS

Namorada de Caio Blat, Luísa Arraes defende debate após piada machista

Luísa Arraes defendeu a importância do debate após post polêmico de Caio Blat
Luísa Arraes defendeu a importância do debate após post polêmico de Caio Blat - Foto: TV Globo/ Marília Cabral

Redação Publicado em 27/04/2018, às 12h59 - Atualizado às 13h05

O post feito por Caio Blat em sua página no Instagram, na última terça-feira (24/04), continua rendendo desdobramentos e dividindo opiniões.

Na rede social, o ator compartilhou uma foto em que aparece ao lado de uma mulher, e escreveu: “Bruta não, mal domada”. A mesma frase estava escrita na camiseta da moça, mas a reprodução feita pelo ator não foi bem aceita, e acabou rendendo muitas críticas.

Acusando o ator de racismo, atrizes como Carolinie Figueiredo, Alice Wegmann e Maria Casadevall protestaram dizendo que Caio havia feito um post que incentivava o machismo.

Namorada acha o debate válido

Namorada de Caio Blat, Luísa Arraes falou sobre a polêmica gerada em torno do post durante a coletiva de imprensa da novela Segundo Sol, realizada na última quinta-feira (26/04).

Para a atriz, a imagem recebeu interpretações totalmente diferentes, e que acabou proporcionando um debate válido.

Postagem de Caio Blat gerou muitas críticas na web – Foto: Reprodução/ Instagram

“Acho o diálogo fundamental. Tudo o que suscita o debate é incrível. Nestes dias, falamos muito disso. Algumas mulheres se sentem empoderadas com esta camiseta; outras, não. Eu faço parte das que não”, disse.

À revista Quem, Luísa classificou o post como “uma piada dentro de um círculo machista”:

“Estamos discutindo muito. Acho que é uma piada dentro de um círculo muito machista, mas depende também. É um outro contexto. A gente tem que ter o cuidado de observar o contexto. Domar não é só dominar, é tratar bem. Por esse lado, seria: Bruta não, uma mulher que não é bem tratada pela sociedade… faz sentido. São muitas nuances”, continuou.

À publicação, a atriz defendeu a importância de debater a questão, e disse que Caio Blat colocou lenha na fogueira:

“Acho que é mais importante a gente sair do Fla x Flu para poder discutir junto – isso em tudo da nossa democracia. Acho fundamental o debate, acho fundamental a gente falar disso. Tenho falado disso há três dias. A rede social abre espaço para o diálogo. Às vezes, a gente posta uma coisa e não gera o que a gente achava que ia ser. Hoje é ele, amanhã é outra pessoa. Enxergando o lado positivo, isso gerou debate. Agora, o debate nem é mais sobre ele. Ele só botou a foto. Agora são as mulheres que estão discutindo”, completou.

Caio Blat se manifestou após críticas

Após a grande repercussão da postagem, Caio Blat voltou à rede social e se manifestou sobre o assunto.

Em um texto explicativo, o ator contou que fez a postagem sem fazer piada, apenas para provocar debate:

“Agradeço a todos que comentaram e contribuíram com sua opinião, enriquecendo esse debate. Me espantei com a frase, procurei saber, e me surpreendi mais ainda ao saber que se tratava de um grupo de mulheres; que o bordão típico, de cunho evidentemente machista, pode ser motivo de orgulho e identidade, em outro contexto cultural, com diferente interpretação, irônica e humorada, vide a figura que acompanha a frase, com a imagem de uma mulher laçando o homem”, começou.

“Postei! Sem fazer nenhuma piada machista, mas como provocação, pela contradição da imagem. E fico feliz que tenha espantado tanta gente, gerado discussões e dúvidas, mostrando que nossa sociedade está amadurecendo nessa questão, e que o assunto é complexo e não se encerra aqui”, completou.

LEIA MAIS:

Nicole Bahls impõe meta para o casamento
Gisele Bündchen dança Anitta ao lado da irmã
Gabriela Duarte relembra primeira gravidez

Veja mais notícias de Famosos.

Comentários