Cenapop
FAMOSOS

Caio Blat nega ter defendido José Mayer: “Sou totalmente contra assédio e provocação machista”

Caio Blat nega ter defendido José Mayer
Caio Blat nega ter defendido José Mayer - Foto: Reprodução/ Instagram

Redação Publicado em 05/04/2017, às 19h27 - Atualizado às 19h53

O ator Caio Blat se envolveu em uma grande confusão ao comentar o caso de assédio envolvendo a figurinista Susllem Tonani e o ator José Mayer.

Durante a festa de lançamento da série Os Dias Eram Assim, o ator foi entrevistado pelo site Glamurama e defendeu a atitude de José Mayer (de ter escrito uma carta aberta onde reconhece que errou).

À publicação, Caio classificou o caso como uma “brincadeira fora do tom”, e acabou despertando a ira de alguns internautas.

“Não estou sabendo dessa decisão de afastá-lo, mas não acho certa. José Mayer é uma pessoa que a gente conhece. A declaração que ele deu hoje foi brilhante. A forma como ele se colocou foi perfeita. Ele não representa ameaça a ninguém. Fez uma brincadeira fora de tom, e na presença de outras pessoas. Não houve intimidação”, declarou o ator.

“A Maria [Ribeiro, mulher do ator] passa por isso diversas vezes, me conta. Ainda faz parte da nossa cultura. Ainda mais quando existe uma relação hierárquica. Existe essa tomada de consciência e a mobilização de hoje foi importante”, continuou.

LEIA MAIS:Acusado de assédio, José Mayer pede desculpas em carta
LEIA MAIS:Artistas promovem manifestação de apoio à figurinista
LEIA MAIS:Globo põe José Mayer na geladeira após caso de assédio
LEIA MAIS:Marcella Rica agradece José Mayer e é criticada

Muito criticado, o ator foi acusado de ter defendido José Mayer, e resolveu responder nesta quarta-feira (05/04), através de sua página no Instagram.

“Gostaria de deixar claro que sou totalmente contra qualquer tipo de assédio e provocação machista, e que apóio e admiro o movimento corajoso das mulheres contra essa covardia.

Diferente do que alguns veículos publicaram, distorcendo minha declaração, jamais defendi ou relativizei a violência de um assédio , apenas elogiei a capacidade de um acusado de se desculpar a assumir seu erro publicamente, que é a única atitude cabível.

Espero que esse movimento traga uma nova consciência sobre os resquícios de machismo que ainda existem na nossa sociedade, e que ninguém mais seja constrangido em seu local de trabalho ou em qualquer ambiente”, escreveu o ator.

Mesmo após dizer que não defendeu José Mayer, Caio continuou sendo criticado por seguidoras:

“Não cabe elogios ao Zé por ter assumido. Foi O MÍNIMO. E você, casado com uma mulher inteligentíssima, ainda reproduz posições machistas como achar que assédio é uma brincadeira fora do tom”, cutucou uma fã. “Troféu Fraternidade Masculina para você. Que lástima”, escreveu outra.

Maria Ribeiro também se posicionou

Maria Ribeiro usou sua página no Twitter para falar sobre o caso. A esposa de Caio Blat defendeu Susllem Tonani e disse estar “100% ao lado” da figurinista.

“Pra todo mundo que está perguntando no Twitter e no Instagram: estou cem por cento ao lado da Su — minha amiga corajosa — e das minas. #chegadeassédio”, escreveu.

Comentários