FAMOSOS

Taís Araújo reflete sobre o racismo: “Alguns ataques deixam feridas na sua alma”

Taís Araújo é a estrela de capa da revista Quem - Foto: Fernando Tomaz/ Monster Photo Taís Araújo soltou o verbo e fez uma reflexão muito sóbria sobre racismo e

Taís Araújo é a estrela de capa da revista Quem - Foto: Fernando Tomaz/ Monster Photo
Taís Araújo é a estrela de capa da revista Quem - Foto: Fernando Tomaz/ Monster Photo

Redação Publicado em 22/11/2016, às 18h50

Taís Araújo soltou o verbo e fez uma reflexão muito sóbria sobre racismo e preconceito. Em entrevista à edição mais recente da revista Quem, a atriz contou que tenta tirar lições de vida dos casos de sofrimento.

“Esses ataques deixam feridas na sua alma. O que aconteceu de ruim comigo ajudou a construir quem eu sou”, disse.

Mãe de João Vicente, de 5 anos, e de Maria Antônia, de 1 ano e 10 meses, a atriz contou que não consegue “deixar pra lá” este tipo de agressão, e que é preciso lutar para manter a autoestima:

“Tem gente que diz que falar de racismo é ‘mimimi’. Essa galera não sabe pelo que eu passo, não sabe o que meus filhos passam. Há quem diga para ‘deixar pra lá’. Deixar pra lá, não! Não dá para deixar pra lá o preconceito racial, não dá para deixar pra lá uma mulher que sofre violência doméstica, não dá para deixar para lá ataques contra a orientação sexual das pessoas. Respeito é a base. Aí, voltamos para a autoestima. A pessoa tem que ter autoestima e dizer: ‘Comigo não’”, completa.

Taís Araújo é a estrela de capa da revista Quem – Foto: Fernando Tomaz/ Monster Photo

Comentários