CINEMA

Bomba! Homem de Ferro, Capitão América e Thor estão fora de Os Vingadores 3

Thor (Chris Hemsworth), Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) e Capitão América (Chris Evans) estão fora de Os Vingadores 3, segundo site. Crédito: Divulgação Você

Thor (Chris Hemsworth), Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) e Capitão América (Chris Evans) estão fora de Os Vingadores 3, segundo site. Crédito: Divulgação
Thor (Chris Hemsworth), Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) e Capitão América (Chris Evans) estão fora de Os Vingadores 3, segundo site. Crédito: Divulgação

Redação Publicado em 07/10/2014, às 10h01

Você consegue imaginar uma reunião dos super-heróis da Marvel sem Homem de Ferro, Capitão América e Thor? Provavelmente não, mas esta é a aposta do estúdio para encerrar a trilogia Os Vingadores, informou o site especializado no universo dos quadrinhos Badass Digest.

Na última semana, surgiram rumores sobre uma possível divisão do terceiro filme em duas partes. Porém a grande verdade por trás da especulação é que o estúdio não vai refazer o contrato limitado com os atores Robert Downey Jr., Chris Evans e Chris Hemsworth, e investirá nos super-heróis menos conhecidos para encerrar o projeto, como Homem-Formiga, Doutor Estranho e Miss Marvel.

A publicação atribui a decisão ao enorme sucesso de Guardiões da Galáxia, protagonizada por super-heróis desengonçados e pouco conhecidos do público. A produção chegou a ultrapassar o também bem-sucedido Capitão América 2: Soldado Invernal e se tornou a maior bilheteria de 2014, até o momento.

O surpreendente êxito do filme fez com que o Marvel Studios percebesse que o grande trunfo de suas produções não é apenas seus atores e sim o próprio estúdio. Por isso, não vai ceder ao cachês milionários cobrados pelos atores protagonistas.

No entanto, um filme de “despedida” para os peixes-grandes em uma produção de orçamento maior ainda deve acontecer. Por hora, o espectador poderá se deleitar com a reunião completa em Vingadores 2: A Era de Ultron, que tem estreia programada para 30 de abril de 2015.

Comentários