Boogie Oogie

Primeiro capítulo de Boogie Oogie já supera Meu Pedacinho de Chão

Sandra (Ísis Valverde), com o pai Elísio (Daniel Dantas) e Rafael (Marco Pigossi). Crédito: Reprodução/TV Globo Mesmo elogiada pela crítica, a novela da Rede

Redação Publicado em 05/08/2014, às 11h07 - Atualizado às 18h14

Mesmo elogiada pela crítica, a novela da Rede Globo Meu Pedacinho de Chão tentou ao máximo agradar o público. Já Boogie Oogie, que estreou nesta segunda-feira (04), mesmo com uma trama confusa e exageradamente dramática, se deu melhor e alcançou 21 pontos, pico no capítulo, contra os 17 da antecessora.

Em uma média geral, o folhetim encerrou com 18.1 pontos e 33.0% de participação. A Record foi vice-líder com 7.5 no mesmo horário, enquanto o SBT ficou em terceiro lugar com 5.6 e a Band na quarta colocação com 3.0.

LEIA MAIS:Série Tapas & Beijos vai sair da grade da Globo em 2015
LEIA MAIS:Volta do Programa do Jô ainda é incerta na Globo

O sucesso se deve talvez ao elenco, liderado por Ísis Valverde – principalmente depois do polêmico envolvimento com o ator Cauã Reymond -, Marco Pigossi, Deborah Secco, Alessandra Negrini, entre outros, e à epoca que se passa a novela, anos 70, talvez um efeito Dancing Days, que está sendo reprisado no canal Viva. Sem contar com a ótima trilha sonora que inclui Celebration, do Kool And The Gang, Heart Of Glass, do Blondie, e brasileiras como Acabou Chorare, do Novos Baianos, e Barato Total, na voz de Gal Costa.

A novela começou com um acidente aéreo, que juntou o destino dos personagens Sandra (Ísis Valverde) e Rafael (Marco Pigossi). A caminho da Igreja, no dia de seu casamento com Sandra, Alex (Fernando Belo) presencia a queda do avião pilotado por Rafael, que acabou de ficar noivo de Vitória (Bianca Bin). Na tragédia, quem morre é Alex, o herói que perde a vida ao salvar um desconhecido. A trama conta uma história de encontros e desencontros durante uma época de efervescência e alegria, de tendências marcantes na moda, na música e no estilo de vida.

Comentários