Cenapop
Amor à Vida

Em Amor à Vida, Valdirene pede que Márcia afaste-se de sua família: ‘Fica longe de nós’

Redação Publicado em 16/10/2013, às 12h17 - Atualizado às 12h20

Nos próximos capítulos de Amor à Vida, Valdirene (Tatá Werneck) vai romper os laços com Márcia (Elizabeth Savala).

A ideia partirá de Eudóxia (Ângela Rabelo), que fará a periguete acreditar que a vendedora de cachorro quente é uma má influência para a filha da nora, Marijeyne.

“Se você quer ser uma dama, tem que cortar todos os laços com esse mundo brega. E isso inclui a sua mãe, a rainha da breguice”, diz a mãe de Ignácio (Carlos Machado).

Ignácio apoia a mãe, e intervém: “Valdirene, a minha mãe só quer ajudar. A gente tem uma posição na sociedade, e cê tem talento pra ser uma dama, meu palitinho de fósforo.”

LEIA MAIS:Pilar fica com 50% do San Magno após divórcio

Márcia põe fim à discussão e aceita a decisão do genro e de Eudóxia. “Eu sei que esse não é o meu mundo. Mas pode ser o mundo da minha filha sim, e da minha neta. O que uma mãe pode querer mais na vida, do que saber que a filha tá bem encaminhada, que a neta tá bem? Eu vou… me ajuda com a mala até o elevador”, pede a Ignácio.

Chateada, Valdirene aproveita a primeira oportunidade para ir até a casa da mãe. Ela leva dinheiro, mas ao chegar lá, dá de cara com Rinaldo (Marcelo Flores), e a coisa desanda.

“Como é que eu posso trazer a minha filhinha pra te visitar, se você fica enfiando homem pobre dentro de casa? Olha o exemplo que você tá dando pra Marijeyne! Mãezoca, eu fiquei tão triste que cê foi embora lá da casa do Milho… vim fugida, pra te ver, e dou de cara com isso!?”, diz Valdirene.

LEIA MAIS:Pastor que era dono do bar reconhecerá Félix

Márcia explica que não passou a noite com Rinaldo e pede para pegar a neta. Valdirene dá um basta: “

“Não, mãezoca, cê me decepcionou muito. Melhor cê desapegar da menina. Aquela coruja velha é que vai ser a avó dela. Ela é um purgante, mas num fica enfiando home dentro de casa, ensinando o que num presta pra menina”, fala.

“Mãezoca, cê passou a vida me empurrando pra tudo que é ricaço que aparecia… Eu acabei virando a periguete do bairro. Mas pra mim tava tudo bem, cê vivia repetindo, cê tem que arrumar um milionário, só assim cê vai melhorar de vida”, continua a piradinha.

Márcia tenta explicar que só pensava no bem dela, mas Valdirene pe implacável: “Se você quer mesmo o melhor pra eu, pra sua neta, fica longe de nós. Eu vou tocar a minha vida com o Milho, vou ser madame, como você sempre quis. Eu num quero mais saber desse bairro de pobre, dessa casa. Também num quero a Marijeyne encontrando vó periguetona. Fica aí, arrumando os encosto que você tanto gosta, e esquece que eu existo!”

Carlito (Anderson Di Rizzi) e Denizard (Fulvio Stefanini) vão atrás de Valdirene e tentam fazer ela mudar de ideia, mas de nada adianta:

“Eu num quero ficar mais um minuto nesse bairro de pobre! Vocês vão continuar levando essa vidinha pra sempre. Mas eu não, eu vou ser uma dama! E a minha filha também! Nós vai ter uma vida muito melhor e bem longe daqui!”, finaliza.

Sem poder fazer mais nada, Márcia chora, magoada. “Ah, meu Deus, o que vai ser de mim sem a minha filha, sem a minha neta…”, diz.

Comentários