Globo reprisará O Auto da Compadecida na íntegra, afirma Virgínia Cavendish

O Auto da Compadecida será reprisado na íntegra, afirma Virgínia Cavendish - Foto: Reprodução

O Auto da Compadecida será reprisado na íntegra, afirma Virgínia Cavendish – Foto: Reprodução

A atriz Virgínia Cavendish revelou em seu Instagram na última terça-feira (19/11) que um dos maiores sucessos da televisão brasileira vai voltar ao ar.

Trata-se de O Auto da Compadecida, minissérie produzida pela Rede Globo em 1999 baseada na obra de Ariano Suassuna. “Qual série vai reprisar inteira em dezembro na @redeglobo pela primeira vez depois de vinte anos? Quem vai assistir? Meu Deus, o tempo voa”, escreveu a atriz ao compartilhar uma foto dos bastidores da filmagem, onde ela aparece ao lado de Selton Mello e do diretor Guel Arraes.

“Essa foto foi feita no dia de filmagem da última cena da série, quando Dona Rosinha, Chicó e João Grilo encontram com Jesus disfarçado de mendigo e Dona Rosa divide o bolo que eles levaram da festa”, contou.

Quando a minissérie foi lançada, em janeiro de 1999, foi exibida pela emissora em quatro capítulos. Com o sucesso na televisão, uma versão simplificada da trama foi reeditada e exibida nos cinemas naquele mesmo ano. É esta a versão que foi lançada em DVD pouco depois.

Portanto, a exibição da história na íntegra, como foi feita em sua primeira exibição, é uma grata novidade para a programação de fim de ano na Globo. Até hoje, apenas a versão de cinema tinha sido reprisada.

Além de Cavendish, O Auto da Compadecida foi estrelada por Matheus Natchergaele, Lima Duarte, Rogério Cardoso, Denise Fraga, Lima Duarte, Paulo Goulart e Diogo Vilela, com participação especial de Fernanda Montenegro, Maurício Gonçalves e Luis Melo, com roteiro do próprio diretor, além de João e Adriana Falcão. Quando lançado nos cinemas, em 2000, levou mais de dois milhões de espectadores.

No agregador de notas críticas Rotten Tomatoes, a versão para cinema de O Auto da Compadecida possui uma taxa de aprovação de 93%. Em 2015, foi eleito pela Abraccine como um dos cem melhores filmes brasileiros de todos os tempos, ocupando a posição 63 da lista. Por fim, o filme fez sucesso em diversos países, como Argentina, Chile e Venezuela, além de ocupar um lugar no imaginário cultural brasileiro.

LEIA MAIS

Crítica de Segredos de Natal, nova minissérie da Netflix
Thiago Thomé publica foto nu ao lado da esposa
Anel cai no mar durante pedido de casamento
Mãe de Saulo Pôncio aparece seminua em ensaio com casal gay
Mãe de Caio Junqueira morre 10 meses após o filho
Aaron Carter grita com juiz que pediu recolhimento de suas armas

Veja mais notícias sobre Entretenimento

Tags

Comentários