Ex-estoquista que ganhava R$ 500 por mês em mercado será destaque da SPFW

Ex-estoquista, Marcelo Lima é um dos destaques da próxima São Paulo Fashion Week - Foto: Reprodução/ Instagram

Ex-estoquista, Marcelo Lima é um dos destaques da próxima São Paulo Fashion Week – Foto: Reprodução/ Instagram

Estoquista, repositor e ajudante geral de um supermercado até pouco tempo, o baiano Marcelo Lima, de 22 anos, ganhava cerca de R$ 500 por mês para trabalhar sete dias por semana (assim podia fazer um extra).

No ano passado, ele resolveu participar do Beleza Black, em Salvador, na Bahia – que valoriza a cultura e a beleza afrodescendente – e ficou entre os cinco melhores. Na plateia, um olheiro gostou, e então sua vida mudou completamente.

Contratado por uma agência de modelos, Marcelo fatura hoje (contando por baixo) dez vezes mais. Em sua estreia no SPFW, no início do ano, desfilou para oito grifes.

Nova aposta da moda nacional, o soteropolitano galgou espaço e será um dos destaques da São Paulo Fashion Week – N48, que acontece na próxima semana.

Ao falar sobre a mudança, Marcelo contou que sempre teve fé de que as coisas poderiam melhorar:

Ex-estoquista, Marcelo Lima é um dos destaques da próxima São Paulo Fashion Week - Foto: Reprodução/ Instagram

Ex-estoquista, Marcelo Lima é um dos destaques da próxima São Paulo Fashion Week – Foto: Reprodução/ Instagram

“Era com o trabalho no mercado que eu ajudava no sustento da minha mãe e minha avó. Era um trabalho pesado, mas eu gostava. Fiz muitos amigos ali. Trabalhava de domingo a domingo, porque assim podia ganhar um extra para ajudar em casa. Procurava não perder a fé de que as coisas poderiam melhorar, e continuava fazendo meu trabalho”, disse ele, ao jornal Extra.

Em seu Instagram, Marcelo contou que não tem vergonho de falar sobre o antigo emprego:

“Eu ficava trabalhava pesado por um dinheiro honesto e limpo. Não tenho vergonha de mostrar de onde eu vim e nem do que eu fazia para ter meu pão de cada dia”, garantiu.

Em seguida, Marcelo agradeceu pelas oportunidades e falou sobre humildade:

“Sou muito grato por tudo o que Deus me reservou e hoje trabalho para marcas grandes que nunca imaginei ter uma chance um dia. Agradeço sempre a Deus e a todos que me ajudaram também a chegar onde estou. Fico muito feliz, por poder ajudar minha família e pessoas próximas a mim. E mesmo com todas as grandes coisas que aconteceram em minha vida, eu serei sempre aquele mesmo cara que trabalhava no mercado, mantendo sempre minha identidade e nunca pendendo minha humildade”, completou.

LEIA MAIS

Andressa Ferreira mostra bebê se mexendo
Fátima Bernardes mostra trigêmeos ainda bebês
Crítica: Por que Projeto Gemini é um fracasso?
Lexa comenta affair da mãe com pai de Anitta
Taís Araújo diz que chorou ao cortar o cabelo
Bruno Gissoni fala sobre cenas com cunhada

Veja mais notícias de Famosos.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Essa foto mostra onde eu começei a trabalhar e ajudar minha família. Foi desse mercado que eu levava comida pra casa e fico muito feliz em trabalhar pesado por um dinheiro honesto e limpo. Não tenho vergonha de mostrar de onde eu vim e nem do que eu fazia pra ter meu pão de cada dia. Sou muito grato por tudo o que Deus me reservou e hj trabalho pra marcas grandes que nunca imaginei ter uma chance um dia. Agradeço sempre a Deus e a todos que me ajudaram também a chegar onde estou. Fico muito feliz, por poder ajudar minha família e pessoas próximas a mim. E mesmo com todas as grandes coisas que aconteceram em minha vida, eu serei sempre aquele mesmo cara que trabalhava no mercado, mantendo sempre minha identidade e nunca pendendo minha humildade 🙏🏿✨🍀❤

Uma publicação compartilhada por Marcelo lima (@marcellloliima) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Marcelo lima (@marcellloliima) em

Comentários