Após vencer depressão, ex-panicat Carol Dias posta desabafo: “Dormia para não comer e me achava feia”

Carol Dias lembrou a época de Pânico e contou que ficou doente por ouvir as pessoas erradas - Foto: Reprodução/ Instagram

Carol Dias lembrou a época de Pânico e contou que ficou doente por ouvir as pessoas erradas – Foto: Reprodução/ Instagram

Uma das assistentes de palco do programa Pânico, Carol Dias contou em seu Instagram que se achava “feia e gorda” na época em que trabalhava como panicat.

Na rede social, a modelo postou uma foto da época, na qual aparece chorando e exibindo o corpo sarado, e fez um desabafo tocante:

“Esta é uma foto não muito bem feita. Mas, que você vai reparar exatamente como eu fiquei um dia. Doente. Doente, porque não me cuidei mentalmente, espiritualmente. Eu ouvi pessoas erradas. Eu escutava toda hora; ‘você está gorda. Cartão vermelho. Cheia de celulite’”, começou.

No desabafo, Carol conta que chorava e que começou a acreditar que era uma mulher feia:

Carol Dias chorando nos bastidores do Pânico - Foto: Reprodução/ Instagram

Carol Dias chorando nos bastidores do Pânico – Foto: Reprodução/ Instagram

“Eu chorava me achando uma mulher feia, sem nenhuma autoestima e falava; ‘eu sou péssima. Eu nunca vou melhorar. Eu sou gorda, cheia de celulite’. Me contaram isso. Que eu era só um corpo. E eu acreditei nisso. Fui para casa magoada”, continuou.

Carol disse que muitas vezes ia dormir para não ter que comer, e que sua refeição muitas vezes era apenas uma maçã, tudo para não engordar:

“Lembro de dias que eu comia uma maçã por dia. Eu ia dormir para não comer. Uma vez eu queria uma pizza e não comi. Subi e chorei no quarto. Depois de um tempo, um mês, eu estava magra. Sim! Eu mudei todo meu corpo e continuei com a cabeça abalada. Resolveu? Uma mulher não é só um corpo”, disse.

Na postagem, Carol, que hoje não se priva mais de comidas e usa suas redes sociais para tentar ajudar as pessoas, aconselhou:

“Tem muito dentro de você. Você ouve as pessoas erradas? Você confia em você? Temos que criar novos hábitos bons e seguros para nós. Jamais ficar doente. Jamais falar de uma forma tão agressiva que machuque a emoção de alguém. Isso é traumático. Sou contra privações e restrições absurdas. Sou contra qualquer coisa que faça mal a você. Sou a favor de você se sentir bem, feliz, sorrindo, linda para você, com autoestima e se amando. Se respeitando e se valorizando. Isso sim! Agora, você vai falar: ‘eu confio em mim também’. Eu vou levantar sempre a bandeira da saúde: saúde como um conjunto de mente, corpo e espírito”, completou.

LEIA MAIS

Marília Mendonça publica “carta do filho” na web
Letícia Santiago revela cantada de homem casado
Paloma Duarte abre o jogo sobre depressão
Marília Mendonça fala sobre mudanças de humor
Dani Calabresa fala dobre suas celulites
Após ficar noiva, Bárbara Evans dá ultimato

Veja mais notícias de Famosos.

Comentários