Roubo desastrado dará o tom de comédia pastelona para a novela “Pega Ladrão”

Malagueta (Marcelo Serrado) e Julio (Thiago Martins) – Foto: TV Globo/ Raquel Cunha

Um quarteto promete roubar a cena em Pega Ladrão, a nova novela das sete da TV Globo.

Escrita por Claudia Souto, a trama contará a história de um roubo milionário, e quem está por traz do desaparecimento do dinheiro não entende nada de crime.

A premissa é digna das melhores comédias.

O concierge Malagueta (Marcelo Serrado), o garçom Julio (Thiago Martins), e o casal formado pela camareira Sandra Helena (Nanda Costa) e o recepcionista Agnaldo (João Baldasserini) são trabalhadores comuns, todos funcionários do Carioca Palace, e que veem suas vidas mudarem após o furto de uma quantia milionária do hotel.

Longe de serem considerados os vilões da história, armam um plano e acabam retirando 40 milhões de dólares do cofre, em plena festa de 25 anos da herdeira, Luiza Guimarães (Camila Queiroz).

A culpa recai injustamente sobre o novo proprietário do imóvel, o empresário Eric Ribeiro (Mateus Solano), um dos protagonistas da história.

Novatos no crime, os quatro se envolvem num plano desastrado, daqueles mais mirabolantes, arquitetado por Malagueta. Sabendo que o hotel será vendido por Pedrinho Guimarães (Marcos Caruso) a Eric e que o dinheiro referente à venda estará no cofre, o concierge alicia os colegas que, por motivos diversos, topam participar do crime.

Com personalidades bem distintas – Malagueta é ambicioso, Julio é reservado e arrependido pelo que fez, enquanto Sandra e Agnaldo almejam uma vida de ostentação – eles concordam que não podem levantar suspeitas. O jeito é deixar o dinheiro escondido e continuar batendo ponto no hotel, na expectativa de que Eric se desfaça do Carioca Palace e demita todos os funcionários.

O casal Agnaldo (João Baldasserini) e Sandra Helena (Nanda Costa) – Foto: TV Globo/ Paulo Belote

“Eles acham que tiraram a sorte grande e que poderão usar o dinheiro assim que forem demitidos, quando Eric vender o hotel, mas isso não acontece, e os quatro continuam trabalhando. Sandra e Agnaldo não veem a hora de levar a vida de patrão que tanto sonham e gastam a grana aos poucos”, revela Nanda Costa.

A atriz tem se divertido com a sua personagem: “Sandroca é pra cima, despachada, louca pelo Agnaldo. É trabalhadora, mas acredita que merece vida de patroa como a das hóspedes no hotel. Ela topa entrar no plano e se fia que esta é a grande chance de ser milionária”, explicou.

Intérprete de Agnaldo, João Baldasserini concorda com a colega: “O casal Sandra Helena e Agnaldo é muito divertido, ele é um cara que tem virtudes, defeitos e um sonho: subir na vida. Agnaldo é apaixonado pela Sandra, ele faz tudo por ela e quer lhe proporcionar uma vida linda”.

Ao contrário do casal, Julio é discreto, e seus predicados de bom moço e trabalhador exemplar ecoam na vila da Tijuca onde mora com as tias, Elza (Nicette Bruno) e Prazeres (Cristina Pereira).

“Julio adere ao plano porque será despejado. Ele não quer isso para ele, nem tampouco para as tias, mas se tornar um ladrão faz com que ele se arrependa desde o primeiro minuto”, adianta Thiago Martins.

Já Malagueta, o grande mentor do assalto milionário, quer mais que status e poder. Ele quer aceitação. Por ter uma relação ruim com o pai, Timóteo (Cacá Amaral), que está preso por conta de um assalto, Malagueta quer provar a ele que conseguiu executar o crime perfeito por conta da sua inteligência.

“A relação do Malagueta com o Timóteo é de aceitação. O pai se decepcionou com ele no passado e Malagueta quer provar que pode ser bem melhor”, refletiu Marcelo Serrado.

Pega Ladrão estreia em junho.

Comentários