Cenapop
NETFLIX

Elize Matsunaga: série sobre "Caso Yoki" chega à Netflix; confira a crítica

A própria Elize Matsunaga é entrevistada no documentário da Netflix

Elize Matsunaga é entrevistada para série documental sobre Caso Yoki
Elize Matsunaga é entrevistada para série documental sobre Caso Yoki - Foto: Reprodução / Netflix

Redação Publicado em 08/07/2021, às 11h30

Chegou ao catálogo da Netflix nesta quinta-feira (08) a série Elize Matsunaga: Era Uma Vez no Crime. O documentário em quatro episódios detalha o crime que chocou o Brasil em 2012, quando ela assassinou o marido e o esquartejou.

O chamado "Caso Yoki"foi um dos temas mais falados pela imprensa na época, com todos querendo saber o motivo do crime de Elize. Marcos Matsunaga, marido dela e diretor-executivo da marca Yoki, era famoso no meio executivo de alimentos. Veja a crítica da série:

Relembre o caso:

Na madrugada do dia 20 de maio de 2021, Marcos saiu de seu apartamento, que dividia com Elize, para pegar uma pizza. Ao voltar, o empresário levou um tiro na cabeça, feito à queima-roupa pela esposa. Dez horas após a morte, ela esquartejou o corpo de Marcos em 6 partes: cabeça, braços, pernas e tórax.

Às 11:30 do dia seguinte, câmeras de segurança flagraram Elize saindo do prédio carregando três malas, contendo as partes do marido dentro de sacolas plásticas. Elize deixou o corpo em uma rodovia de Cotia, São Paulo, e as malas foram encontradas após 3 dias.

Marcos conheceu Elize em 2004, enquanto ele era casado com outra mulher e ela uma garota de programa. Os dois tiveram uma relação extraconjugal durante três anos, e Marcos pediu o divórcio para se casar com Elize em 2009.

A relação dos dois era cheia de desconfianças, e Elize acreditava que Marcos tinha outra família, chegando a contratar um detetive particular, que confirmou as suspeitas de Elize.

Na entrevista que Elize deu para a produção da série -- que se tornou alvo de críticas depois de anunciada, pois muitas pessoas disseram que a série tentava "romantizar" o assassinato" -- ela explicou que tomou a decisão de matá-lo por ser constantemente agredida por ele. Além disso, o fato dele a trair contribuiu para a atitude.

Comentários