FAMOSOS

"Os últimos meses foram terrivelmente tristes", confessa Kelly Clarkson sobre divórcio

Kelly Clarkson falou honestamente sobre sua separação - Reprodução/Instagram
Kelly Clarkson falou honestamente sobre sua separação - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 13/10/2020, às 17h30

Kelly Clarkson deu uma entrevista para a Entertainment Tonight para falar sobre o período tenso que tem vivido após sua separação do empresário Brandon Blackstock.

Eles estavam casados desde 2013, mas o período de isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus influenciou no fim do relacionamento.

A apresentadora e cantora afirmou que é importante que o público tenha acesso a sua vida pessoal e tenha ciência do momento complicado que ela atravessa, ao mesmo tempo em que também tem preocupações relacionadas a sua privacidade e de sua família.

"O que está sendo meio difícil é que sou um livro aberto, mas, de certa forma, sou mais uma mamãe protetora do que uma pessoa pública. Por isso, me importo 100% mais com meus filhos do que qualquer outra coisa neste planeta", disse.

A artista continuou: "Então isso é o que tem sido difícil. Tipo, sim, estou disposta a compartilhar minha experiência. E sim, tem sido horrível. Quer dizer, os últimos meses foram terrivelmente tristes. Mas, ao mesmo tempo, tenho que pensar, 'Hmmm, o que eu digo tem um efeito dominó na vida de outras pessoas'", confessou.

Segundo ela, a atitude diante do público só é possível por ter lutado para ser honesta o tempo inteiro em sua carreira. "A maioria dos empresários e assessores ficam nervosos comigo porque eu sou um livro aberto, e gravadoras e pessoas desaprovaram isso desde o início. Mas, eu não faço isso por mais ninguém, honestamente".

"Não sei, venho de uma cidade pequena, estou acostumada ao todo mundo saber tudo", considerou. "E, não sei, sinto que se você está escondendo algo, deve haver algo errado com isso. E não há nada de errado com nada. Sabe, é só que um divórcio é realmente uma m****", disse.

Clarkson já havia dado outra entrevista onde revelou que os filhos do casal, River, de 6 anos, e Remington, de 4 anos, estão na terapia depois da separação dos pais.

“Temos muita ajuda, como terapeutas e psicólogos infantis, porque queremos fazer as coisas direito”, contou ela. “Todo mundo está triste e não há problema em ficar triste".

Comentários