FAMOSOS

Modelo afirma que foi banida de aplicativo por ser "branca demais": "Nunca passei tanta vergonha"

A modelo Sabrina Low disse ter sido banida do CultureCrush, app de paquera norte-americano

Sabrina Low foi banida ao entrar CultureCrush, focado no público afrodescendente - Foto: Reprodução / Instagram
Sabrina Low foi banida ao entrar CultureCrush, focado no público afrodescendente - Foto: Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 07/01/2022, às 10h33

O aplicativo de paquera destinado apenas para usuários negros, CultureCrush, vem dando o que falar. Apesar de ter nascido nos Estados Unidos, os brasileiros já contabilizam uma grande porção de usuários, o que levou a empresa a investir no Brasil após perceber a grande adesão que estava tendo no país de forma orgânica.

A modelo e influencer, Sabrina Low, compartilhou em seus stories do Instagram que fez uma conta e foi banida do app de namoro CultureCrush, feito apenas para usuários afrodescendentes: “Nunca passei tanta vergonha na minha vida”.

“Não sabia que se tratava de um app apenas para pessoas negras”, afirma a modelo. “Não foi minha intenção ser desrespeitosa de forma alguma, eu não sou assim e repudio com esse tipo de ações”.

“Acreditei ser apenas mais um app de paquera da moda”, completa. “Sempre gosto de fazer uma conta para ver como é e conhecer gente nova”.

“Quando descobri que o app não era para amplo uso, fiz questão de deletar minha conta, porém já era tarde. Já havia sido banida”, afirma. “Mas acredito na transparência, e acima de tudo, em me responsabilizar por minhas ações como pessoa pública”.

“Pretendo aprender com meus erros e não mais me inscrever compulsoriamente em novos apps e sites. Pretendo me informar primeiramente para evitar constrangimentos futuros”.

Comentários