Cenapop
FAMOSOS

Maria Flor se revolta contra o presidente em vídeo e cobra Rodrigo Maia: "Cadê o impeachment?"

Atriz publicou o vídeo em sua conta no Instagram, e não poupou críticas ao governo federal a ao presidente da Câmara

Maria Flor se exalta ao falar sobre Jair Bolsonaro e pede impeachment do presidente
Maria Flor se exalta ao falar sobre Jair Bolsonaro e pede impeachment do presidente - Foto: Reprodução / Instagram@mariaflor

Redação Publicado em 18/01/2021, às 19h02

A crise nos hospitais de Manaus fez com que o impeachment de Jair Bolsonaro (sem partido-RJ) voltasse a ser ventilado no meio político e artístico. Pelas redes sociais, uma onda de descontentamento em relação ao Governo Federal correu durante todo o fim de semana.

Nesta segunda-feira (18/01), a atriz Maria Flor publicou um vídeo em seu Instagram em que falou sobre o assunto, e se mostrou irritada com a inércia do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que tem o poder de autorizar o processo político para destituir o presidente.

“Teve uma pandemia no governo desse homem e esse homem falou assim: ‘Não, pandemia, gente isso aí é só uma gripezinha’. Só essa frase... cadê o impeachment? Rodrigo Maia ainda não sabe se vai impeachmar”, disse ela em seu quadro "Flor Pistola", publicado no IGTV.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Maria Flor (@mariaflor31)

 

Em seguida, Maria Flor comparou a situação do atual presidente com o impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT-MG). “Pedaladas ficais. O que são pedaladas fiscais? Alguém sabe dizer?”, perguntou.

Maria Flor relembrou os escândalos envolvendo Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente. “Você quer eu te diga o que ele já tentou fazer? Interferência na Polícia Federal; milícia; o filho dele roubou dinheiro, botou um monte de gente fantasma para trabalhar no gabinete aqui no Rio de Janeiro; o homem deixou faltar oxigênio em Manaus, as pessoas morreram; fez pouco caso da pandemia”, disse ela.

Por fim, voltou a pedir ao presidente da Câmara para abrir o processo de impeachment contra Bolsonaro. “Rodrigo, eu te peço, eu e todo o Brasil, o Twitter inteiro. Tu vai fazer sucesso, brother. Quem sabe o Centrão olha agora, vê o que está acontecendo (...) e pense: 'Talvez tenha sido demais o negócio de Manaus'”, comentou, irônica.

Comentários